O Sete Artes agora é site!

O Sete Artes agora é site!
Clique na imagem para acessar notícias sobre artes visuais

Artes Plásticas/ Pintura/ Biografia

Frida Kahlo: a arte da superação

por chandra santos

''Pinto a mim mesmo porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor.''
Frida Kahlo

Imagem: Autoria Desconhecida

Quem acessou a página principal do Google - que está com um doodle especial - ou acessou o Twitter - cuja Tag #FridaKahlo está no topo dos TT's mundiais - já sabe que hoje é uma data especial. Há 103 anos nascia a pintora mexicana Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón. Para comemorar a data, o Sete Artes presta uma homenagem a artista publicando sua biografia.


Doodle na página inicial do Google homenageia a artista
Imagem: Reprodução de Internet

Vida Pessoal

Frida nasceu na cidade de Coyoacán, no México, em 06 de julho de 1907. Filha de um alemão e de uma indígena espanhola, a artista foi criada em uma família de muitos irmãos, teve a vida marcada por tragédias e encontrou na arte uma forma de sobreviver.

Em 1913, com apenas seis anos de idade, contraiu Poliomielite. A doença deixou sequelas e por isso Frida  começou a usar saias longas - o que mais tarde se tornaria sua marca pessoal. Anos mais tarde, já com 18 anos, o bonde em que viajava chocou-se com um trem. Frida ficou gravemente ferida. De acordo com dados presentes na Wikipedia
"O pára-choque de um dos veículos perfurou as costas de Frida, atravessou sua pélvis e saiu por sua vagina. Tal acidente fez a artista ter de usar vários coletes ortopédicos de materiais diferentes, chegando inclusive a pintar alguns deles (por exemplo o colete de gesso na tela intitulada "A Coluna Partida"). Por causa desta tragédia, fez várias cirurgias e ficou muito tempo acamada." 

Obra "A coluna partida": tela foi pintada durante o período em que Frida ficou no hospital

Imagem: Reprodução de Internet/ Frida Kahlo

Foi nesse período que ela começou a pintar com um cavalete adaptado à cama. Suas obras retratam seu sofrimento e sua dor em diferentes momentos. Por causa do acidente ficou impossibilitada de ter filhos de parto normal e os médicos recomendaram que evitasse engravidar. Mesmo assim, a mexicana tentou por duas vezes e sofreu abortos naturais. Como seu isso tudo já não fosse traumatizante demais, teve um casamento conturbado com o pintor muralista Diego Riviera.

No dia 13 de julho de 1954 Frida foi encontrada morta. No atestado de óbito consta embolia pulmonar como causa. A artista havia contraído pneumonia na época. Mas, há outras hipóteses para sua morte. Frida, de acordo com dados da Wikipedia, tentou suicídio diversas vezes com facas e martelos e acredita-se, por causa da última frase que escreveu em seu diário, que ela tenha se matado. Já os pesquisadores, com base no laudo da biópsia, suspeitam que ela tenha sido envenenada por uma das amantes de Diego.

Obras

Obra "As duas Fridas": retrata a amizade imaginária da artista com uma menina da mesma idade

Imagem: Reprodução de Internet/ Frida Kahlo

Mesmo com o pai pintando quadros nas horas vagas, Frida não descobriu seu talento cedo. Um dos sonho dela era ser médica. Mas, por causa do acidente isso não aconteceu. Em contrapartida, tornou-se uma das pintoras mais famosas do mundo. Em suas obras há dor e sofrimento, mas também há a afirmação da identidade nacional mexicana por meio de elementos do folclore e da arte popular.

"Em 1938 André Breton qualifica sua obra de surrealista em um ensaio que escreve para a exposição de Kahlo na galeria Julien Levy de Nova Iorque. Não obstante, ela mesma declara mais tarde: "pensavam que eu era uma surrealista, mas eu não era. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade." ", cita um parágrafo da Wikipedia.

Em 1958, a residência da artista, conhecida como "Casa Azul", transformou-se no Museu Frida Kahlo.

Se você ficou curioso para saber mais sobre a artista, pode seguir o perfil do Museu dedicado a ela no Twitter e assisitir ao filme "Frida" (2002), que traz Salma Hayek interpretando a artista.
  • Veja mais obras de Frida aqui.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo

Mais populares

Popular na semana