Literatura/ História/ Radionovelas

Conheça um pouco da história das radionovelas no Brasil


Há setenta anos o rádio brasileiro iniciou a transmissão de radionovelas. Os atores só possuiam a voz para prender a atenção do público e os sonoplastas produziam diversos sons e ruídos a fim de estimular a imaginação dos ouvintes. As histórias, baseadas em tramas literárias, eram recheadas de triângulos amorosos, com muita dramatização. ‘Em busca da felicidade’, de autoria do cubano leandro blanco, durou dois anos no ar. Mas, até hoje, a maior audiência foi a de ‘O direito de nascer’, também de autoria cubana. A trama estreiou, em 1951, na antiga rádio nacional e ficou no ar por três anos. Na década de cinquenta, surgiram as radionovelas tipicamente brasileiras, que não eram adaptações. Entre os brasileiros pioneiros na radiodramaturgia estão Oduvaldo Vianna, Amaral Gurgel e Gilberto Martins. O formato se extinguiu com a chegada da televisão, para onde o gênero migrou transformando-se nas novelas que assistimos hoje. O radioteatro serviu como escola para muitos autores renomados, como Dias Gomes, Mário Lago, Mário Brazzini, Edgar Alves, Janete Clair e Ivani Ribeiro.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!