Por dentro do Museu Imperial

Museu Imperial recebeu mais de 63 mil estudantes em 2011*

*Texto: Museu Imperial 

O setor de Educação do Museu Imperial/Ibram/MinC divulgou, nesta quinta-feira, o balanço das visitas escolares em 2011. Ao longo do ano, 63.131 estudantes e professores estiveram no Museu com escolas e outras instituições.

“Os projetos educativos do Museu Imperial têm uma aceitação e procura por parte do público escolar já bastante consolidadas ao longo dos últimos anos. Acredito que seja uma resposta ao formato de nossos projetos, que têm em sua concepção aspectos como o dinamismo, a ludicidade e o estímulo ao conhecimento crítico. Esperamos receber, cada vez mais, alunos e professores de todas as partes do país, pois isso enriquece de forma significativa a nossa prática pedagógica”, afirmou a coordenadora do setor de Educação do Museu, Regina Resende.

O Rio de Janeiro, como ocorre normalmente, ficou em primeiro na lista, com 53.613 estudantes e professores visitando o Museu. Contudo, alguns resultados surpreenderam. Minas Gerais e Espírito Santo tiveram resultados impressionantes, com 6.835 e 1.245 visitantes, respectivamente.

Outra surpresa foi o fato de o Rio Grande do Sul, apesar da distância, ter ficado em quarto lugar, com 513 visitantes. Os gaúchos ficaram à frente do estado vizinho de São Paulo, que enviou 345 pessoas ao Museu, sendo o qto lugar.

Com relação aos níveis de escolaridade, o ensino fundamental foi responsável pela grande maioria dos visitantes: 44.270 pessoas. Em seguida, vieram estudantes do ensino médio (6.727) e da educação infantil (1.747). Os professores que acompanharam os alunos somaram 4.940 pessoas.

O Museu Imperial recebeu ainda outros grupos, provenientes de organizações não-governamentais, secretarias de educação e unidades de polícia pacificadora (UPPs), entre outros. Esses grupos somaram um total de 2.048 pessoas em 2011.

Todos esses visitantes participaram de atividades pedagógicas do setor de Educação, comovisitas orientadas ao palácio, teatro de fantoches, a Caixa das Descobertas (que explora as mudanças dos objetos culturais ao longo do tempo), jogos e outros projetos. Escolas e instituições interessadas em participar podem entrar em contato pelo telefone (24) 2245-7735.

Veja abaixo os resultados de 2011:

image.png

image.png
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!