Você conhece os reservatórios tombados no Rio?, por chandra santos



Foto: O GLOBO

O inventário dos reservatórios antigos do estado do Rio de Janeiro foi realizado em 2006 pela CEDAE, juntamente com o INEPAC e com colaboração da Secretaria de Estado de Cultura. O levantamento apontou o estado de conservação dos reservatórios tombados, o qual revelou a beleza desses equipamentos públicos e a necessidade de recuperá-los. 

Os reservatórios foram tombados em 1998 como Patrimônio Cultural do Estado do Rio de Janeiro. Eles foram construídos entre 1850 e 1930. Alguns ainda funcionam, como o do Largo do França, o Monteiro de Barros, a Caixa Nova da Tijuca, o Açude Pau da Fome e o Victor Konder. Outros estão desativados ou em operação desassistida, como o da Quinta da Boa Vista.

As fichas do inventário estão disponíveis aqui com as seguintes informações:


  • descrição da ambiência;
  • descrição das características arquitetônicas;
  • descrição do estado de conservação;
  • informações sobre a situação fundiária;
  • histórico do bem e
  • documentação fotográfica, assinalando os problemas identificados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!