Por dentro do Museu Imperial



Prestigiado por autoridades, evento no Museu Imperial presta homenagem a doadores

Na última quarta-feira, 21 de novembro, o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr., diretores de museus de todo o país, membros do Conselho Internacional dos Museus (ICOM) e outras autoridades visitaram e participaram de uma solenidade no Museu Imperial. O evento fez parte da programação do 5º Fórum Nacional de Museus, realizado pelo Ibram e que acontece até sexta-feira (23/11) no Palácio Quitandinha.
 
Após uma visita ao palácio conduzida pelo diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Jr., os convidados conferiram uma apresentação do Coral Dó Ré Mi – Coro Modelo do Projeto Canta Petrópolis, regido pelo maestro Leonardo Randolfo. “O Fórum Nacional de Museus é um marco para a nossa cidade e deixará muita coisa, como essa troca de experiências. Com esse coral, vocês estão conhecendo uma parte da cultura petropolitana e a levarão com vocês para outras regiões do Brasil e para outros países”, declarou Randolfo.

Em seguida, aconteceu uma homenagem a alguns dos principais doadores do Museu Imperial, que realizaram a entrega simbólica de peças. “O Museu tem, em seu rol de doadores, mais de mil pessoas, que, com seus gestos, contribuem para a cultura da cidade, do país e do mundo. Com sua generosidade, desprenderam-se de seus bens e os tornaram bens da coletividade”, afirmou o diretor do Museu Imperial, Maurício Ferreira.

Segundo o presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., além do desprendimento, o ato de doar para instituições públicas demonstra a certeza de que o acervo será preservado. “É uma demonstração de que as instituições funcionam e merecem a confiança da sociedade. O ato da doação é desprovido de interesses de ambas as partes; o único interesse é disponibilizar aquele bem publicamente”.

Na cerimônia, foram entregues aos setores técnicos do museu três coleções. O doador Walter Berner entregou à chefe do setor de Museologia, Ana Luísa Alonso de Camargo, peças e documentos que pertenceram a Wilhelm Gustav Berner, organeiro alemão radicado no Brasil no início do século XX e conhecido no país como Guilherme Berner. Sua fábrica construiu órgãos como o da Catedral de São Pedro de Alcântara, o do Mosteiro de São Bento, o da Cruz dos Militares e o do Convento de Santo Antônio.

A chefe da Biblioteca, Claudia Maria Souza Costa, recebeu das mãos do Sr. Kenneth Light o livro “A concise and accurate account of the proceedings of the squadron under the commenad of Rear Admiral Sir Sydney Smith, K.S. & c.”, editado em 1810 e que trata da vinda da família real portuguesa para o Brasil em 1808. O livro faz parte de uma coleção de oito obras raras doadas pelo Sr. Light ao Museu, todas relacionadas aos primeiros anos do século XIX, em especial d. João VI e a viagem da família real.

Já a equipe do Arquivo Histórico, formada pelas arquivistas Neibe Machado da Costa e Thais Cardoso Martins, recebeu álbuns fotográficos e fotografias avulsas de Maria Lúcia Sanson, que complementarão a coleção de imagens já doada anteriormente por ela e seu marido, Luiz Alberto de Sanson, ao Museu. São registros visuais de cidades, monumentos, eventos sociais, políticos e ambientais que pertenceram a Octávio Mendes de Oliveira Castro, filho do barão de Oliveira Castro, e a seu sogro, João Teixeira Soares.

Os três doadores ressaltaram a importância da doação para preservar a memória de suas famílias e acervos. “O fato de o Museu Imperial acolher essa documentação deve servir de exemplo a outras instituições. Se não houvesse esse acolhimento, a coleção certamente iria se perder”, destacou Walter Berner.

O evento foi encerrado com uma apresentação do espetáculo Som e Luz, que reconta os principais acontecimentos do Império brasileiro e a vida da família imperial em Petrópolis através de efeitos especiais de iluminação e sonorização.

*Texto: Divulgação

Bumper Car no Shopping Grande Rio


Os clientes do Shopping Grande Rio poderão curtir o Bumper Car, com veículos movidos a bateria e controlados por dois joysticks, que permitem que o piloto faça manobras rápidas, porém seguras. Os carrinhos são individuais e podem girar até 360º, além de se movimentarem para frente e para trás. Eles circulam em uma pista de aproximadamente 100m², localizada na Praça de Eventos, em frente à C&A. A diversão é permitida para crianças a partir de cinco anos e custa R$10 por pessoa. Menores de dois anos não pagam, se acompanhados dos pais.

Serviço:
Bumper Car no Shopping Grande Rio
Data: até 09 de janeiro de 2013
Horário: De segunda a sábado, de 10h às 22h, e domingos e feriados, de 13h às 21h 
Local: Praça de Eventos em frente à C&A
Preço: R$10 por pessoa
Duração: 5 minutos
Faixa Etária: a partir de 5 anos (caso não esteja acompanhado dos pais)
Limite de Peso: 100 Kg para todas as idades
O Shopping Grande Rio fica na Rodovia Presidente Dutra, 4.200, São João de Meriti – Telefone: (21) 2430-5111.

*Texto: Divulgação

Curso


Acontece na Casa Claudio Souza (Petrópolis - RJ)


Livro sobre adolescentes é lançado na Casa de Cláudio de Souza
Socorro! Tenho um adolescente. E agora?, é o título do livro da  médica pediatra e escritora Solange Azizi, que vai ser lançado na Casa de Cláudio de Souza (Museu Imperial/Ibram), na próxima segunda-feira, 26 de novembro, às 19h.
Segundo a autora, o livro é um “manual” explicativo para quem se sente perdido na fase considerada conturbada que é a adolescência. Ele é para ser lido pelos pais e pelos adolescentes, com o objetivo de elucidar as inúmeras dúvidas de como lidar com este universo.
“É uma fase bem longa, cheia de aborrecimentos e agruras, mas também é um período de intenso crescimento não só do adolescente como de seus próprios pais que acabarão por entender que criam seus filhos para o mundo e não para si mesmos”, afirma Solange Azizi.
O livro aborda inúmeros temas relacionados com a fase, entre eles: mentiras, agressividade, depressão, direitos e deveres, sexualidade, comunicação, adolescentes gays, drogas, valores do adolescente.
Sobre a autora
A médica pediatra Solange Azizi divide a sua vida profissional em atendimento entre as cidades de Petrópolis e Rio de Janeiro.
Ela também é autora do livro Socorro, tenho um recém-nascido. E agora?  A obra ajuda as mães a lidar com o momento tão delicado que é a chegada do bebê, baseada na experiência pessoal e profissional da autora.  Na categoria de livro de autoajuda ele foi premiado este ano pela LITERARTE – Associação Internacional de Escritores e Artistas Plásticos com o Prêmio de Literatura.
Solange Azizi trabalha em um projeto social e educativo, o “Projeto Curso de Bebês”. É específico para gestantes e nele a pediatra ministra aulas gratuitas nas comunidades.
O lançamento de Socorro! Tenho um adolescente. E agora? é aberto ao público e tem entrada franca.
Casa de Cláudio de Souza
A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, no. 247, Petrópolis. Ela foi doada ao Museu Imperial pela viúva do escritor e dramaturgo Cláudio de Souza, Luíza Leite de Souza. Era a casa de veraneio do casal que residia na cidade do Rio de Janeiro.
Além de promover atividades culturais e educativas, o espaço abriga uma exposição sobre o seu titular, Cláudio de Souza, e a biblioteca que foi do escritor, disponível para consulta. A casa fica aberta para visitação de terça a sexta-feira, das 11h às 18h, com entrada gratuita.
*Texto: Divulgação

José Ruffino na Casa França Brasil


Projeto Cofre Casa França Brasil: Efrain Almeida, O SOZINHO


Lançamento do Catálogo e Vídeo Projeto Arte Garagem edição 2012

Data : 01 de dezembro sábado
Horário: 18hs
Local : Choperia Gehren
Rua : Montecaseros,626 - Centro Petrópolis RJ.

Avenida Réveillon, musical que fala de Copacabana, estreia em dezembro no Casarão Ameno Resedá

O Casarão Ameno Resedá será palco do espetáculo Avenida Réveillon, um musical com músicas e texto inéditos, ambientado em Copacabana, bairro central no imaginário da cidade. A estreia será no dia 02 de dezembro e permanecerá durante todos os domingos de dezembro, às 19h.

Sinopse: Na noite do Ano Novo, passado e presente se combinam para contar a história de Agnaldo e Eliete, um casal que há trinta anos não consegue viver junto. Nem separado. Em meio a percalços, Copacabana não surge apenas como cenário, mas como personagem evocada nas músicas inéditas e nos versos famosos sobre o bairro. Julinho, Sueli, Beto e Princesinha se juntam à história, misturando-se às esquinas de uma Copacabana em que o luxo e a vida comedida compartilham areias e esquinas.

Serviço:

Evento: Avenida Réveillon, o Musical
Onde: Casarão Ameno Resedá
Quando: 02, 09,16, 23 e 30 de dezembro, domingos, às 19h
Ingressos: R$ 50,00 (cadeira) e R$ 20,00 (pista)
Classificação: 18 anos

DJ RICK CASTRO NA CINE IDEAL E NA “TRIBAL TRUPE WHITE” EM NITERÓI


Nesta sexta (30/11), a boate CINE IDEAL abre as suas portas para o público comemorar o aniversário do DJ Rick Castro. A noite conta com outras atrações, os DJs Edu Saadi, Fabio Morgado e Paulo Henrics agitarão a pista de dança, e também, um especial“Welcome Madonna”, com drags fazendo as performances da cantora. O DJ Rick Castro comandará a pista POP.

Já no sábado (01/12), Castro será a atração principal da festa “TRIBAL TRUPE”, que acontece em Niterói, às 22h.

A Tribal Trupe comemora seu 3° ano de entretenimento em Niterói, e, dessa vez, traz a festa “White”, em prol do Dia Mundial de luta contra HIV/AIDS. Nesse dia, os alimentos arrecadados se transformarão em descontos nos ingressos e serão doados para casas e hospitais da região que tratam pessoas soropositivas.

Os DJs Allan Braz, Leo Factory, Guinho Macchi e Duda Santtos, também animam a noite. A festa conta com o live show da Jakellyne Ushoa.

Serviço:

B’Day DJ Rick Castro + POP FUN “Welcome Madonna”
Data: sexta (30/11)
Abertura da casa: 23h30
Apresentação do DJ Rick Castro: 02h00
Local: CINE IDEAL
Endereço: Rua da Carioca, 64, Centro
Entrada: R$ 25,00 (até meia-noite) e R$ 30,00 (após meia-noite).
Classificação etária: 18 anos


TRIBAL TRUPE WHITE
Data: sábado (01/12)
Abertura da casa: 22h
Apresentação do DJ Rick Castro: 01h30 como atração principal da Pista POP
Local: Clube Aftae
Endereço: Rua Dirceu Briggs de Barros, 91, Centro de Niterói
Entrada: R$ 15,00 (Primeiro Lote) e R$ 30,00 (na hora).
Com desconto de R$ 5,00.
Classificação etária: 18 anos

Coletiva Virtual "ARTISTAS EM FOCO 2012"


A Nossa Galeria de Arte realiza uma coletiva virtual com pinturas, desenhos, colagens, fotografias, esculturas e técnicas mistas dos artistas Adriana Nassar (São João de Meriti - RJ), Aline Hannun (Barueri - SP), Carignani (Parnamirim - RN), CHJapp (São Paulo - SP), D. Lino (São João de Meriti - RJ), Esterlita Salles (Porto Alegre - RS), Gêovane Abreu (Belford Roxo - RJ), Izabel Litieri (São Paulo - SP), Raquel Bizinover Feferbaum (Rio de Janeiro - RJ), Rosângela Vig (Sorocaba - SP) e Thais Lino (Campo Grande - MS). 

“ARTISTAS EM FOCO 2012” tem a perspectiva, sob diferentes olhares, de reforçar o diálogo cultural nacional, à medida que espelha a pluralidade da nossa rica produção artística.

A ideia da criação do espaço virtual da Nossa Galeria de Arte ganhou o mundo em fevereiro de 2009 com realização da sua primeira exposição virtual interativa 3D. O espaço virtual foi pensado como um instrumento fomentador da inclusão cultural, contribuindo para o deslocamento da referência comum a centros culturais, galerias e museus, como chave de acesso à Arte. 

Ao apresentar a exposição coletiva virtual “ARTISTAS EM FOCO 2012”, a Nossa Galeria de Arte propõe uma experiência ímpar, sensorial e dinâmica por parte do visitante, uma vez que, sem sair de casa, o mesmo tem a sensação de circular por "corredores" e "salas" como se estivesse em um ambiente físico, isto porque o espaço virtual da Nossa Galeria de Arte não é limitado por tijolos e concreto, podendo ser visto e compartilhado por milhões de pessoas via internet.

Em  cartaz aqui até 22 de fevereiro de 2013!

Projeto Canto de Natal

Já começou o Projeto Canto de Natal patrocinado pela Concessionária de Energia Elétrica AMPLA, pelo Ministério da Cultura e pela Secretaria Estadual de Cultura em 18 cidades fluminenses. 

Um ônibus palco percorrerá as principais ruas das cidades selecionadas, com o Coral Mané Garrincha, formado por alunos de um CIEP de Magé, cantando músicas com tema Natalino. Em algumas paradas, o público infantil poderá aproveitar também para tirar fotos com o Papai Noel. 

O Projeto Canto de Natal “visa resgatar uma das tradições do Natal, que é o Coral, e, através da música, aproximar as pessoas e disseminar mensagens de paz, amor, prosperidade e solidariedade”, enfatizou o diretor de Relações Institucionais da Ampla, André Moragas. O Coral escolhido atua há 14 anos e tem forte presença no interior do estado. O Projeto tem o apoio da Lei de Incentivo à Cultura e das prefeituras onde ocorre.

Mesa Redonda na Galeria Silvia Cintra + Box 4


Rio Antigo: A origem do Retiro dos Artistas

FRED FIGNER
Frederico Figner nasceu em dezembro de 1866 em Milewko, na então Tcheco-Eslováquia. Ainda muito jovem e buscando ampliar seus horizontes migrou para os Estados Unidos, chegando ao país no momento em que Thomas Edison estava lançando um aparelho que registrava e reproduzia sons por intermédio de cilindros giratórios. 

Fascinado pela novidade, adquiriu um desses equipamentos e vários rolos de gravação, embarcando com sua preciosa carga em um navio rumo a Belém do Pará, onde chegou em 1891 sem conhecer uma única palavra do Português. Naquela cidade começou a exibir a novidade para o público, que pagava para registrar e escutar a própria voz.O sucesso foi imediato e, de Belém, Fred se dirigiu para outras praças, sempre com o gravador a tiracolo. Passou por Manaus, Fortaleza, Natal, João Pessoa, Recife e Salvador antes de chegar ao Rio de Janeiro, no ano seguinte, já falando e entendendo um pouquinho do nosso idioma e com um razoável pé de meia. Na Cidade Maravilhosa Figner abriu sua primeira loja, a Casa Edison, em um sobrado da Rua Uruguaiana, onde importava e comercializava esses primeiros fonógrafos.



Por essa mesma época o cientista judeu Emile Berliner tinha acabado de lançar nos Estados Unidos um equipamento de gravação que utilizava discos revestidos com cera, com qualidade sonora superior ao do aparelho de Thomas Edison. Fred Figner percebeu de imediato o potencial da nova invenção e transferiu seu estabelecimento de um sobrado da Rua Uruguaiana para uma loja térrea na tradicional Rua do Ouvidor, onde abriu o primeiro estúdio de gravação e varejo de discos do Brasil, em 1900. 

Discos Odeon
Os discos fabricados por Figner nessa fase inicial utilizavam cera de carnaúba, eram gravados em apenas uma das faces e tocados em vitrolas movidas a manivela. Apesar das limitações técnicas, essa iniciativa representou uma verdadeira revolução para a música popular brasileira, que engatinhava, pois até então os artistas só podiam se apresentar ao vivo ou comercializar suas criações por intermédio de partituras impressas. 

O primeiro disco brasileiro foi gravado na Casa Edison pelo cantor Manuel Pedro dos Santos, o Bahiano, em 1902. Era o lundu “Isto é Bom”, de autoria do seu conterrâneo Xisto da Bahia. A partir daí mais e mais artistas começaram a gravar suas composições em discos que eram distribuídos pela Casa Edison do Rio e também pela filial que Figner havia aberto em São Paulo. A procura pelos discos cresceu tanto que em 1913 Fred decidiu instalar uma indústria fonográfica de grande porte na Av. 28 de Setembro, Vila Isabel, dando origem ao consagrado selo Odeon.

A MANSÃO FIGNER

Fred Figner era um homem à frente do seu tempo e para coroar o sucesso nos negócios decidiu erguer uma residência que espelhasse seu perfil empreendedor. A hoje conhecida Mansão Figner, na Rua Marquês de Abrantes 99, no Flamengo, abriga o Centro Cultural Arte-Sesc e o restaurante Bistrô do Senac. É considerada um exemplo arquitetônico raro de “casa burguesa do início do século 20”. Fred Figner utilizou-a como hospital, em 1918, durante a pandemia conhecida como Gripe Espanhola. Apesar dele próprio estar acometido pela enfermidade, atuou como um prestativo auxiliar de enfermagem, transformando seu palacete em uma improvisada enfermaria de campanha que chegou a abrigar quatorze pacientes em seu interior. 

Fred era um homem generoso e solidário. Pela própria natureza do trabalho nas suas duas gravadoras havia se tornado amigo de muitos músicos e cantores de sucesso. Em uma época que antecedeu à criação da Previdência, ficou consternado com a situação de penúria que alguns desses artistas tinham de enfrentar ao chegar à velhice. Sensibilizado com esse verdadeiro drama social, não titubeou e decidiu doar o terreno, em Jacarepaguá, para a construção da modelar instituição Retiro dos Artistas, que funciona até os dias de hoje.

Em 19 de janeiro de 1947, quando faleceu, aos 81 anos de idade, ao se abrir seu testamento, verificou-se que Fred Figner havia destinado parte substancial dos seus bens às obras sociais de Chico Xavier. O jornal carioca A Noite Ilustrada publicou editorial em que o judeu Frederico Figner foi honrado, post-mortem, com o merecido título de “o mais brasileiro de todos os estrangeiros”.
Texto repassado por e-mail pelo artista plástico Ivonésio Ramos.

Passeio de trenzinho é uma das atrações interativas da decoração do Shopping Grande Rio


A decoração de Natal do Shopping Grande Rio este ano viajará de volta ao século X para desvendar os mistérios do Panetone. O tradicional passeio de trenzinho é uma das atrações oferecidas pelo shopping e fica disponível até o dia 06 de janeiro. Além disso, os pequenos podem aproveitar para assistir a um filme sobre a História do Panetone, apresentado pela Mamãe Noel animatrônica num cenário montado na Praça de Eventos. A atração, gratuita, tem cinco minutos de duração e poderá receber até 15 pessoas por vez.

Papai Noel ficará no mall até o dia 24 de dezembro, para tirar fotos com as crianças. A foto de 15x21cm custa R$22 e o CD book (foto+CD) sai por R$25. O bom velhinho estará em seu trono, no mês de novembro, das 14h às 22h, de segunda a sexta; das 10h às 22h, aos sábados; e de 13h às 21h, nos domingos e feriados.


Serviço:
A História do Panetone será contada no Natal do Shopping Grande Rio
Data: até 06 de janeiro
Horário: De segunda a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 13h às 21h.
Local: Praça de Eventos
Preços: Trenzinho de Natal: R$10 (8 voltas)
Foto com Papai Noel: 
Preço: Foto 15 x 21cm - R$22 / Cd book (foto + CD) – R$25
Horários: 
Novembro – Das 14h às 22h, de segunda a sexta; das 10h às 22h, aos sábados; e de 13h às 21h, aos domingos e feriados; 
Dezembro – Das 10h às 22h, de segunda a sábado; e das 13h às 21h aos domingos e feriados.

O coral da Associação Cristã de Moças se apresenta no Real Gabinete Português

Na próxima sexta-feira, 23 de novembro, ao meio-dia, o Real Gabinete Português recebe o Coral da Associação Cristã de Moças (ACM) para apresentação da cantata “Eu Sou”. Sob a regência de Ilem Vargas e acompanhamento da pianista Elizabeth Azevedo, o coral interpretará a cantata de autoria da maestrina Eudora Pitrowsky Sales. Dividida em oito partes, a composição apresenta temas bíblicos ligados aos ensinamentos e às afirmativas de Cristo: Eu sou a luz do mundo; Eu sou a porta; Eu sou o caminho; Eu sou o bom pastor; Eu sou o pão da vida; Eu sou a ressureição; Eu sou a videira verdadeira; Eu sou. O evento tem entrada gratuita.

Serviço:

O que: Cantata de Eudora Pitrowsky Sales com o coro ACM
Quando: 23 de novembro, às 12h.
Onde: Real Gabinete Português de Leitura, na Rua Luís Camões, 40, Centro do Rio.
Telefone: (21) 2221-3130
Entrada Franca

Agregados no Estúdio Dezenove


Lin Lima no Instituto Cultural Germânico


O artista plástico carioca Lin Lima convida para a abertura de sua exposição individual "Traços Efêmeros", na galeria do Instituto Cultural Germânico, no dia 27 de novembro. Com seu trabalho feito diretamente sobre as paredes do espaço, a instalação existirá somente durante o período da mostra. "É uma questão com a existência", diz Lin, que propõe a contemplação da impermanência das coisas, a consciência da transformação, dos ciclos e do desapego. O artista também levará uma série de fotografias, que serão destruídas no último dia da mostra. A exposição fica em cartaz até 12 de janeiro. 

Para tratar da transitoriedade da vida, Lin optou pela simplicidade do traço. Os trabalhos falam da disciplina, do gesto, de ritmo e simplicidade. Como descreveu Marisa Flórido, Lin cria ocos e expansões, abraçando a superfície com seus tentáculos: "[Seu traço] segue o ritmo das chegadas e partidas, das faltas e das escutas, das respirações e dos passos. Segue a obsessão das repetições para, quem sabe, inscrever em algum momento sua própria aparição, o traço de sua ausência, a escrita de sua existência. O horizonte (do mundo, da obra e de si) é a pele". 

Em 2012, Lin apresentou sua primeira individual, “Epidermes”, na Cosmocopa Arte Contemporânea, com curadoria de Marisa Flórido César. Em 2013 a Cosmocopa exibirá a segunda individual do artista na galeria. Formado em Pintura pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Lin trabalhou no Museu de Arte Contemporânea de Niterói e foi assistente no ateliê Barbosa/Ricalde. 


Serviço:
"Traços Efêmeros", de Lin Lima
abertura: 27 de novembro, 19h
exposição: de 27 de dezembro a 12 de janeiro
Instituto Cultural Germânico
Avenida Sete de Setembro, 131 - Icaraí Niterói
telefone: 21 2714-0879

*Texto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa

Programação: Música, gastronomia e Rio Antigo


Exposição: Marta Jourdan na Artur Fidalgo

Com uma câmera de alta velocidade que registra até mil quadros por segundo, a artista Marta Jourdan esculpe o tempo. Esculturas feitas de fluidos, calor, ondas, oscilações. De velocidades, de deslocamentos, de dinâmicas térmicas. Ao retardar a imagem até um único quadro, Jourdan faz aparecer esse movimento. O movimento do tempo interior. A artista, que já criou objetos para transformar água em vapor, líquido em sólido, desta vez, captura o tempo que a gente não pode ver. A exposição individual "Súbita Matéria", com abertura marcada na Artur Fidalgo galeria no dia 13 de novembro, traz duas sequências com impressões fotográficas, além de uma grande projeção, esculturas e cadernos com estudos da artista.

Para compor essa cena onírica, Jourdan convidou a atriz-performer Carol Cony e usou dinamites, canhão de ar e muita água. As imagens são poéticas. A captura mostra os movimentos no milésimo de segundo, revelando a delicadeza das partículas que surgem de uma explosão, a magia da água na luz, a força de um jato que surpreende uma mulher pelas costas. Como define Fernando Gerhein, Marta cria agora “o balé cine-atômico entre duas forças, ao mesmo tempo rápidas e lentas, esculpido na imagem”. O som composto por Bruno Queiroz cria a atmosfera de submersão. "É mais um caminho para levar à zona do sonho, desse espaço que não é o real, nosso tempo interior que não é linear", diz Jourdan.


Se nos trabalhos anteriores ela já lidava com a transformação dos elementos, molhando quartos e prédios com suas retroprojeções ("Zona de Lançamento"), sugando com turbinas (“Vento”) e evaporando gotas d'água com ferros de passar ("Líquidos Perfeitos"), solidificando estanho ("Gotas") e fundindo imagens ("Óleo"), agora ela quer esculpir o tempo.
"Súbita Matéria", de Marta Jourdan
Artur Fidalgo galeria
Abertura 13 de novembro de 2012 , 19h às 22h
13 de novembro de 2012 a 5 de janeiro de 2013
seg a sex, 10h às 19h, sábado, 10h às 13h  

Trabalhos:
21 fotografias, 8 desenhos, 2 cadernos e 3 esculturas 
Preços: de R$ 1 mil a R$ 15 mil

Texto: Divulgação/Assessoria

Exposição (RS): Estúdio Dezenove leva Experiência Múltipla para o sul


A Casa da Gravura de Porto Alegre recebe a exposição EXPERIÊNCIA MÚLTIPLA com o lançamento simultâneo de álbum de xilogravuras inéditas de Magliani. Conduzido pelo Estudio Dezenove no Rio de Janeiro, esse projeto propõe fomentar um processo de intercâmbio entre cidades e culturas, fortalecendo uma maior integração e interlocução como ponto chave da proposta. Promoção da obra de arte múltipla, ampliação e fortalecimento de uma rede de colecionadores e instituições, ampliação do acesso à arte contemporânea são objetivos que EXPERIÊNCIA MÙLTIPLA busca conquistar. 

Abertura sábado 10 de novembro a partir das 10h30min
Período: 12 a 30 de novembro de 2012 de segunda a sexta das 13h às 17h

Casa da Gravura de Porto Alegre
Avenida Venâncio Aires, 74 Tel: (51) 3013 5036 
Porto Alegre, RS

Rio Antigo: Conhecendo a Cidade - Cinelândia e Lapa


Vamos conhecer um pedacinho da nossa Cidade. 

Iremos apresentar a vocês os seguintes pontos: Cinelândia, Tetro Municipal, Museu Nacional de Bela Artes, Biblioteca Nacional, Centro Cultural da Justiça Federal, Palácio Pedro Ernesto, Edifício Amarelinho, Cine Odeon, Pathe, Chafariz Monroe, Obelisco, Passeio Publico, Lapa, Arcos da Lapa, Fundição Progresso, circo voador e escadaria do Selaron.

Investimento: R$ 10,00 ( podendo ser pago no dia do passeio)

Passeio conduzido pelas Guias Erika Macena e Elizabeth Cristino

O que levar ( sugestão): Máguina Fotográfica, Protetor solar, Sapato Confortável, Água.

Local de encontro: Escadaria do Teatro Municipal. 

Tel para contato: 21 9422 8141
enail: erikamacena@gmail.com

Exposição (RJ): Luiz Ernesto na Silvia Cintra + Box 4


Musical: Natal Musical no Bangu Shopping


O “Natal Musical”, inédito na Zona Oeste do Rio de Janeiro, é o tema da decoração natalina do Bangu Shopping em 2012. Inspirado nos Looney Tunes, a famosa série de animação infantil da Warner Bros., o shopping trará diretamente da telinha para o seu público as incríveis aventuras dos personagens dos “cartoons”.

O cenário contará com a banda de Natal dos Looney Tunes, com bonecos animatrônicos em um palco cenográfico e músicas exclusivas do tema. Um coro de Piu-pius acompanha a banda onde Frajola é o cantor, Patolino, o violinista, e o Taz, arrasa na bateria. O Pernalonga e sua turma convidam todos a se juntar numa grande festa natalina.

O destaque fica por conta da grande árvore de Natal de treze metros de altura e iluminada com microlâmpadas especiais, que está montada na Expansão do Shopping. Uma ilha com brincadeiras do mundo da animação trará o “Espelho Maluco”, onde os pequenos poderão se ver distorcidos e se divertir muito; e o “Tire-Fotos”, que trará a imagem da silhueta do Coyote vazada numa pedra, onde cada um poderá escolher sua pose preferida. A grande surpresa ficará por conta da “Mega caixa de presentes com experiências”. Localizada na área da Expansão, a caixa é totalmente interativa e, dentro dela, a meninada poderá jogar videogame através de técnicas sensoriais com detectores de movimento e de distância. Todas as atrações são gratuitas.

Sentado em seu trono, Papai Noel receberá crianças de todas as idades para tirar fotos, na Praça de Eventos. Quem quiser essa recordação especial deve ir ao Bangu Shopping, de segunda a sexta-feira, das 15h às 21h, sábado, das 10h às 22h e, aos domingos, das 13h às 21h, na Praça de Eventos. As fotos no tamanho 10x15cm custam R$19 e, no tamanho 15x 21 cm, saem por R$25.


Luzes de Natal

Para enfeitar o “Natal Musical” do Bangu Shopping, as pilastras serão decoradas com guirlandas iluminadas com microlâmpadas coloridas. Os corredores terão estandartes aéreos ornamentados ao centro e, no Espaço Bobinadeiras, guirlandas suspensas por cabo de aço revestido com veludo levarão o clima do verdadeiro Natal à Zona Oeste. Serão 133 m² de decoração.

A decoração externa será uma atração especial no Natal do Bangu Shopping. As janelas serão decoradas com notas musicais da partitura da canção Jingle Bells Rock, em lâmpadas led brancas, decorando a fachada do mall. As entradas serão enfeitadas com backlights dos personagens dos Looney Tunes e a chaminé da antiga Fábrica de Tecidos Bangu terá destaque com aplicação de strobos. As árvores naturais serão banhadas com as tradicionais luzes de Natal, que adornarão o caminho de quem passear pelo shopping.


SERVIÇO:
Looney Tunes encanta o Natal Musical do Bangu Shopping
Fotos com Papai Noel
Preço: R$19 (10 x 15) e R$25 (15 x 21) 

Horário do Papai Noel2º a 6º feira – 15h às 21h
Sábados – 10h às 22h
Domingos e Feriados – 13h às 21h

Caixa de Presente Interativa e Espelhos Interativos
Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h | domingos e feriados das 11h às 21h
Local: Expansão.
Entrada: Gratuita.
Créditos
A empresa Cipolatti assina a decoração interna.
A LightCity assina a iluminação externa.

O Bangu Shopping fica na Rua Fonseca, 240, Bangu. O telefone de contato é (21) 3423-9234.

Texto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa

Música: Segunda In Jazz no Santa Cruz Shopping


As noites do Santa Cruz Shopping ficarão mais animadas com o evento Segunda in Jazz. Os shows acontecem sempre na segunda segunda-feira do mês, às 19h, na Praça de Alimentação do Shopping. A entrada é gratuita.

O show será com o músico Ronaldo Martins, que mora no bairro e começou a carreira nas forças armadas como saxofonista da banda militar. Após quatro anos, tornou-se instrutor de oficinas musicais do projeto Jovens pela Paz, do governo do Estado, além de ter tocado com consagrados artistas da música brasileira, como Luiz Melodia e Elza Soares.

No repertório de Ronaldo Martins estão os sucessos My All, Final Feliz e Meu Bem Querer.  

Para o gerente de Marketing do Santa Cruz Shopping, Aldo Oliveira, o evento foi criado para proporcionar aos clientes mais uma opção de entretenimento com shows gratuitos e, principalmente, músicos qualificados.

Serviço:
Data: 12 de novembro (segunda-feira)
Local: Praça de Alimentação
Horário: a partir das 19h
Entrada Gratuita
O Santa Cruz Shopping fica na Rua Felipe Cardoso, 540 – Santa Cruz - Tel: (21)2418-9400.

Texto: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Leilão de Arte (RJ): TNT Galeria


Artes Visuais/ Exposição (SP)


Programação SESC da Gávea

Clique na imagem para ampliar e ler.


ARTIGO RIO 2012

O Sete Artes esteve presente na ARTIGO RIO 2012 na semana passada. Na ocasião, entrevistamos a responsável pela ONG Move Institute, a designer Adriana Pierin. Ela explicou como é o trabalho de conscientização realizado pela organização, além de explicar o conceito do Artvismo. 

ARTIGO RIO 2012

Sete Artes: De onde vem o conceito de "artvismo"?
Adriana Pierin: "Como eu sou designer acho que através da arte podemos chamar atenção para a causa da proteção animal. A obra de arte é um elemento fundamental porque ela prende o olhar. Quando você vê um manifestante da causa animal, você pensa "lá vem mais um" e se afasta daquela realidade. Já a arte tem poder de envolver as pessoas. Nós criamos obras, campanhas publicitárias, anúncios, flyers. Isso tem surtido efeito. Muitas pessoas se tornaram vegetarianas depois que conheceram o nosso trabalho. A gente chama esse movimento de usar a arte em prol dos animais de artvismo"

ARTIGO RIO 2012
SA: Vocês usam as redes sociais?
AP: "Sim. Temos uma página no Facebook com 3650 fãs. Esse número cresce diariamente. Lá nós divulgamos as obras criadas pelos artistas que apoiam a nossa causa, bem como nossos eventos e textos, vídeos e fotos denunciando a forma como são feitos os alimentos a base de carne, marcas que fazem testes em animais, entre outros. No momento nossa campanha no face está centrada no Natal. Enquanto eu estou aqui dando essa entrevista tem milhares de porcos, chesters e perus sendo abatidos de forma cruel para virar comida  especial para a festa religiosa. Engraçado é que os meios de comunicação de massa veiculam matérias sobre as delícias do Natal incentivando as pessoas a comerem até explodir. E no dia seguinte a mensagem muda. Passa a ser a dieta da desintoxicação. Por quê incentivar uma coisa que faz mal?"

ARTIGO RIO 2012
SA: De que forma você se aproximam da mídia?
AP: "A causa animal é carente, abandonada pelo poder público. Nós protetores temos que chamar a atenção da mídia para que a mensagem seja passada para a massa. Os artistas que aderem a causa em geral são respeitados no meio. São símbolos. As pessoas que são sensíveis a causa são chamadas para falar sobre a proteção aos animais em suas obras ou para falar sobre suas experiências. O público acaba se sensibilizando e prestando mais atenção na mensagem quando ela é transmitida por alguma celebridade."

ARTIGO RIO 2012
SA: Quem aderiu a causa?
AP: "Vik Lacaste, Debora Nascimento, Fernanda Yong, Ronaldo Fraga, Mônica Nador, James Kudo, entre outros."

SA: Recentemente tivemos mais uma edição da COW PARADE aqui no Rio. Como você vê essa mostra?
AP: "Não tem nada a ver com a causa animal. Eu fui pesquisar sobre a pessoa que realizou a mostra e tanto ela quanto o projeto eram vazios, sem conteúdo nenhum. Provavelmente ela deve ter copiado esse projeto de alguém, o que ocorre direto no mundo da arte. Infelizmente não tinha nenhum cunho de proteção animal. Ela perdeu uma oportunidade."

ARTIGO RIO 2012
SA: Sobre a causa animal. Por quê as pessoas não aderem?
AP: "O problema está na comunicação. A pessoa é sensível ao sofrimento dos animais e existe a proteção animal. No entanto, a pessoa não liga as duas coisas. Se ela se comove ao ver um animal sofrendo porque ela não muda sua relação com os animais? Aqui no Brasil, como em outros locais do mundo, é um faroeste. Você faz o que quiser com um animal. Não há uma lei que impeça que você maltrate, queime, estupre, trucide um animal. Para se ter uma ideia na mesma época que o ministério da cultura liberou R$ 7 milhões para realizar um rodeio patrocinado por uma marca de cerveja, nosso projeto de realizar exposições de arte nos litorais foi recusado. Eles alegaram que falamos de animais demais no projeto."

NEW YORK FILM ACADEMY NA CAL




A CAL – CASA DAS ARTES DE LARANJEIRAS e o INSTITUTO CAL DE ARTE E CULTURA recebem, em janeiro de 2013, a NEW YORK FILM ACADEMY (NYFA), que apresenta dois dos seus mais importantes programas de treinamento:
 
            -       4-Week Digital Filmmaking Workshop
                 De 7 a 28 de janeiro de 2013
 
            -       4-Week Musical Theatre Workshop
                 De 7 a 28 de janeiro de 2013
 
Todas as informações necessárias podem ser encontradas no site da NYFA, mais especificamente nas páginashttp://www.nyfa.edu/newsletters/nyfa-brazil-workshops-jan-2013.html e http://www.nyfa.edu/film-schools-location/brazil.php
 
O procedimento de inscrição será feito diretamente no site da NYFA a partir da página http://www.nyfa.edu/applications/, clicando em APPLY ONLINE em SHORT-TERM WORKSHOPS. Não haverá inscrição na CAL.
 
Todas as aulas serão dadas em inglês.
 
Os cursos serão ministrados por uma equipe de professores americanos vindos especialmente da NYFA para a CAL.
 
Todas as aulas ocorrerão no prédio do INSTITUTO CAL DE ARTE E CULTURA, na Rua Santo Amaro, 44, no bairro da Glória, na cidade do Rio de Janeiro.
 
Por quatro semanas, as aulas ocorrerão de modo intensivo, diariamente, durante todo o dia (o horário será combinado diretamente com a equipe de professores, mas a previsão inicial é que comece às 10h e termine às 18h, geralmente de segunda a sábado. A turma de Filmmaking poderá gravar no domingo).
 
Trata-se de uma oportunidade única de vivenciar, no Brasil, um treinamento reconhecido mundialmente como o mais completo e consistente, a partir das mais avançadas técnicas de formação artística, comprovada pela vasta lista de profissionais que passaram pela NYFA e alcançaram grande sucesso no mercado profissional. Nomes como Steven SpielbergMartin ScorseseAl PacinoRobert Downey Jr.Jamie FoxxJodie FosterKevin KlinePierce BrosnanSusan Sarandon eTim RobbinsBono(U2), diretores Stephen FrearsPeter BogdonavichRoger Donaldson e James L. Brooks.
 
Alunos que não moram na cidade do Rio de Janeiro e que precisem de ajuda na logística de Transporte, Seguro e Hospedagem podem procurar nosso parceiro, que dará todas as orientações:
 
CLIQUE VIAGENS E TURISMO
 contato@cliqueviagenseturismo.com.brTel: (21) 4003 3032 (custo de ligação local)
 www.cliqueviagenseturismo.com.br

Para mais informações:
Tel: +55 (21) 2225-2384 / 2556-3063 / 2225-7270

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!