O Sete Artes agora é site!

O Sete Artes agora é site!
Clique na imagem para acessar notícias sobre artes visuais

1ª Bienal do Mediterrâneo 2013




A 1ª Bienal do Mediterrâneo 2013 do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais de Minas Gerais – InBrasCI-MG foi idealizada como projeto itinerante e terá inicio em Lisboa, cidade da bacia do Mediterrâneo, integrando as atividades comemorativas do Ano do Brasil em Portugal.

É um projeto inovador em nível organizacional, pois uniu governos nacionais, municipais e associações sem fins lucrativos, para realização de importante exposição internacional no ano de 2013; e transdisciplinar, que junta trabalhos em diversas expressões artísticas, como pintura, desenho, colagem, gravura, fotografia, escultura e literatura.

A 1ª Bienal do Mediterrâneo 2013 do InBrasCI-MG visa, também, promover a valorização do patrimônio artístico de cada região participante, colocando-a, ao mesmo tempo, em um panorama nacional e internacional que favoreça o intercâmbio de ideias nas diversas áreas relativas às artes, difundindo valores, hábitos e costumes que definem a maneira de ser e de agir característicos do grupo social ao qual artistas e
escritores pertencem e que, também, são intérpretes da consciência coletiva da nossa época.

Dessa forma, a 1ª Bienal do Mediterrâneo 2013 atuará como instrumento de educação, inserção cultural e social, estimulando a produção e o consumo de bens culturais, além de importante catalisador da economia criativa e símbolo da contemporaneidade. Elegemos o Convento dos Cardaes, Rua do Século, 123 - 1200-436, Lisboa para sediar de 09 a 20 de abril de 2013 a 1ª Bienal, porque é uma das poucas estruturas prépombalinas existentes que mantém a originalidade dos conventos barrocos do século XVII. Mistura a talha dourada, pinturas, azulejos e mármore.Possui raro acervo de arte sacra, conservado ao longo dos séculos pelas irmãs Dominicanas que habitam a edificação. A história deste Convento é ainda mais rica com
a atitude iniciada no século XIX - o acolhimento de cegas e senhoras com multideficiência.

O valor cobrado para sediar exposições e o ingresso para a visita guiada são maneiras de angariar fundos para a restauração das suas várias obras de arte e manter as despesas do Convento.

Em seguida a Bienal irá para Mourão, Distrito de Évora, Portugal, e será na Galeria Municipal, Rua Doutor Joaquim José Vasconcelos Gusmão de 27 de abril a 27 de maio de 2013.

De Mourão ela seguirá para a terceira e última etapa em Portugal, em Campinho, Reguengos de Monsaraz, Distrito de Évora. Lá, a Bienal estará exposta à visitação pública no Espaço Cultural, Rua do Guadiana, 22 de 01 a 30 de junho de 2013. Campinho é sede de uma das Subdivisões administrativa do Conselho de Reguengos de Monsaraz. É uma das Aldeias Ribeirinhas do Grande Lago do Alqueva, maior lago artificial da Europa. O turismo está em crescimento, sendo palco de muitos eventos culturais, náuticos e aeronáuticos.

*Texto: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo

Mais populares

Popular na semana