Andrea Ferrer encerra tournée de seu segundo disco no Solar de Botafogo

O sucesso da apresentação no fim do ano passado levou Andrea Ferrer a pensar sobre uma nova data no Solar de Botafogo, desta vez para encerrar a temporada de shows do seu segundo e homônimo disco. No próximo dia 03, às 21:30h, o público carioca poderá assistir à curiosa e empolgante mistura que a cantora baiana deu forma a partir de suas próprias composições e interpretações de matizes diferentes da música brasileira – de Raul Seixas a Villa-Lobos, com direito a Lobão, Chico Buarque e muito mais. Sob o arranjo do maestro João Carlos Coutinho, também pianista e acordeonista do grupo, a cantora vai contar com o mesmo time de músicos: César Machado (bateria), Adriano Giffoni (baixo) e Felipe Poli (violão/guitarra). “Uma noite para celebrar o fim de um ciclo e o início de novos projetos”, diz Andrea.

A pluralidade da artista, evidente em todo o seu último CD, produzido pela cantora junto com Beto Benjamin e Luca Maciel, será o norte deste show. No repertório, composições como “Marina dos Mares”, parceria de Carlinhos Brown com Géo Benjamin, uma homenagem ao mundo marítimo de Dorival Caymmi. A Bahia será lembrada ainda com Raul Seixas (“Gita” e “Maluco Beleza”), além dos clássicos “Arrastão” (Vinícius de Mores/Edu Lobo) e “Meu Pai Oxalá” (Vinícius de Moraes/Toquinho). As melodias folk de Lobão ganham versão jazz-funk em “Chorando no Campo”, e sobra também para Chico Buarque, cuja canção “Vida” ganha um formato meio tango, meio pop. Na fronteira com a erudição, em “Melodia Sentimental” (parceria com Dora Vasconcelos), Villa-Lobos renasce com o piano de João Carlos Coutinho.
As composições autorais de Andrea Ferrer, em parceria com Luca Maciel, também são destaque na avalanche multicultural que a cantora promete apresentar no Solar de Botafogo. O pop, o samba, o rock e o folk, estão em músicas como “Poder Insano” e o romantismo é a marca em “Pertinho” ( segundo a cantora, uma canção sobre o “encontro homem-mulher”) e “O Que Ficou”, relatando os reversos do amor (“pra você me dei / doei / doeu demais”). As autorais se completam ainda com “Nas Nuvens”.



Crescida embalada por óperas italianas (cantadas pelo pai tenor) e clássicos da MPB (na voz da mãe), flertando com o pop (mas sem abrir mão da sofisticação e das boas referências), a carreira de Andrea Ferrer se divide também com o teatro e a televisão (gravou comerciais, participou de novelas, aprofundou-se nos estudos cênicos). Através da tournée “Caetaneando”, cantando e recitando letras do cantor baiano, Andrea realizou uma série de shows que reverberou seu nome para diferentes cantos do país. No Rio, apresentou-se no Mistura Fina, Mika’s, Merci Piano Bar, Vinícius, Bastidores, Casa Julieta de Serpa, Teatro Café Pequeno e os teatros do SESC. Curitiba, Florianópolis, Brasília e Salvador também receberam a cantora com sucesso de público. Lançou seu CD de estréia “Séculos” em 2003, fruto de uma parceria com o baixista e produtor musical Luca Maciel, e já gravou dois videoclipes: “Marina dos Mares”, de Carlinhos Brown, e “Pertinho”, também uma parceria com o então produtor Maciel.


SERVIÇO: Show Andrea Ferrer no Solar de Botafogo

03/04 – quarta-feira – às 21:30h

End: Rua General Polidoro, 180 - Botafogo

Informações: 21-25435411

Ingressos: R$40,00 (inteira), R$20,00 (meia)


Texto: Divulgação/Assessoria de Imprensa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!