Protesto das ruas inspira debate de educadores com Leonardo Boff

O debate “O grito nas ruas e o eco na educação” terá a presença do escritor Leonardo Boff, dia 21, das 8h às 12h, no Teatro Oi Casa Grande. O evento integra a 23ª Jornada Pedagógica EscolasRio. O grupo, que reúne 41 escolas particulares filiadas, analisará os protestos, que reuniram muitos de seus professores e alunos.

“A ideia é ampliar o debate. De junho para cá, não faltam perguntas. Como ecoou esse grito dentro das escolas? Como lidar com esse novo conteúdo? Nas propostas pedagógicas de nossas escolas consta promover o pensamento crítico e reflexivo; desenvolver a cidadania; e promover a transformação social em busca de um mundo igualitário e justo”, diz Fátima Fontenelle, presidente do EscolasRio.

O grupo também surgiu de um debate, sobre a nova proposta para o Ensino Médio contida na Lei de Diretrizes e Bases de 1996, a partir da reflexão de educadores sobre o papel das escolas. A direção do EscolasRio explica que o grupo não é ligado ao sindicato patronal nem ao dos professores.

“Partilhamos experiências no campo educacional, visando o crescimento dos participantes e buscando qualidade em educação. Temos pessoas físicas e instituições. As Jornadas Pedagógicas são uma marca do grupo, promovendo o debate e a reflexão”, conta Fátima Fontenelle.

Para reunir o máximo de professores, o encontro deste ano será num sábado, das 8h às 12h, no teatro da Av. Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon. Após a palestra de Leonardo Boff, acontecerá um café, seguido de debate. As inscrições para os professores das escolas associadas saem a R$ 70. Não associados pagam R$ 100. Osite www.escolasrio.com.br traz mais informações sobre a jornada.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!