Oi Futuro apresenta a exposição “Paisagens Cromáticas”, de José Luiz Pederneiras

O Oi Futuro inaugura no dia 9 de novembro a exposição “Paisagens Cromáticas”, do fotógrafo José Luiz Pederneiras, com 16 trabalhos de sua pesquisa fotográfica com luz artificial. Com curadoria de Isabel Portella, a mostra vai ocupar a galeria de artes visuais do centro cultural em Ipanema até 22 de dezembro. 

A palavra “fotografia” vem do grego fós (luz) e grafis (estilo, pincel), e significa desenhar com luz e contraste. Nada mais preciso para definir o trabalho que  José Luiz Pederneiras expõe no Oi Futuro.  Na mostra, detalhes indefinidos de um cenário, banhado pela luz artificial, são ampliados e ganham novas dimensões, fazendo o olho penetrar num espaço transitório entre a fotografia e a pintura.


“No trabalho de Pederneiras, a luz cênica se transforma em arte. Essa exposição anuncia um caminho que as artes visuais vêm seguindo: a perfeita integração entre diferentes áreas artísticas, aqui nesse caso entre as artes cênicas e as artes visuais”, explica a curadora Isabel Portella.

Conhecido por sua premiada produção na área de publicidade e por uma série de ensaios fotográficos que acompanham a trajetória do Grupo Corpo, o artista mantém uma consistente produção autoral, tendo participado de mais de 15 exposições individuais e coletivas. 

Pederneiras também foi o responsável por fotografias de capas de LPs e CDs de artistas tão variados como Hermeto Paschoal, Erasmo Carlos, Tom Zé, João Bosco e o argentino Charly Garcia – por cujo trabalho no álbum “Serú Girán”, ele foi premiado na Argentina em 1978. Residente no Rio de Janeiro, Pederneiras já realizou exposições em Buenos Aires e Caracas, e, em 2010, sua obra ganhou uma exposição retrospectiva individual na Grande Galeria Guignard, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

“As galerias de artes visuais do Oi Futuro em Ipanema procuram aproximar o público das pesquisas realizadas na arte contemporânea brasileira buscando o cruzamento de linguagens e novas interpretações de técnicas e expressões já consolidadas, para cumprir sua missão de democratizar a cultura”, lembra o diretor de Cultura do Oi Futuro, Roberto Guimarães. “A exposição de Pederneiras, ao fazer uma releitura do fundamento da fotografia, ou seja, a escrita com a luz, faz parte desse movimento”.

A mostra conta com patrocínio da Oi, da Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro e apoio cultural do Oi Futuro. A produção é de Claudia Zarvos Consultoria e Design.

Sobre José Luis Pederneiras

O fotógrafo, José Luiz Pederneiras nasceu em Belo Horizonte, em 1950, e reside no Rio de Janeiro. É formado em medicina pela UFMG, Belo Horizonte. Desde 1975, participou de cerca de 15 exposições no Brasil e no exterior. Recebeu prêmios importantes como o Prêmio Ouro, conferido pelo jornal O Globo (1999), o Prêmio Profissional do Ano, categoria fotógrafo, conferido pela ABP - Associação Brasileira de Propaganda (1992), o Prêmio FUNARTE no 5º Salão de Inverno (1977), entre outros. A partir dos espetáculos do Grupo Corpo, já fez mais de 20 ensaios fotográficos. Possui também diversos trabalhos publicados em livros e catálogos. Em publicidade, trabalhou para algumas das maiores agências do país, como DPZ Propaganda, DM9DDB, Mccann Erickson, J.W.T., MPM Propaganda, entre outras. Suas fotografias ilustram também Discos e CDs de artistas como Hermeto Paschoal, Erasmo Carlos,  João Bosco, João Donato, Dori Caymmi, Lisa Ono, entre outros.

Sobre o Oi Futuro

O Oi Futuro é o instituto de responsabilidade social da Oi, que emprega novas tecnologias de comunicação e informação no desenvolvimento de projetos de educação, cultura, esporte, meio ambiente e desenvolvimento social. Desde 2001, suas ações visam democratizar o acesso ao conhecimento e reduzir distâncias geográficas e sociais, com especial atenção à população jovem. 

Na educação, os programas NAVE e Oi Kabum! usam as tecnologias da informação e da comunicação, capacitando jovens para profissões na área digital, fornecendo conteúdo pedagógico para a formação de educadores da rede pública, e fomentando o desenvolvimento de modelos inovadores. Já na área cultural, o Oi Futuro mantém dois espaços culturais no Rio de Janeiro (RJ) e um em Belo Horizonte (MG), com programação nacional e internacional de qualidade reconhecida e apreços acessíveis, além do Museu das Telecomunicações nas duas cidades. 

O esporte é apoiado através de projetos aprovados pelas Leis de Incentivo ao Esporte, tendo sido a Oi a primeira companhia de telecomunicações a apostar nos projetos socioeducativos inseridos na Lei Federal. O programa Oi Novos Brasis completa seu escopo de atuação, reafirmando o compromisso do Instituto no campo da sustentabilidade, com o apoio e o desenvolvimento de parcerias com organizações sem fins lucrativos para a viabilização de ideias inovadoras que utilizem a tecnologia da informação e comunicação para acelerar o desenvolvimento humano.

SERVIÇO:
“PAISAGENS CROMÁTICAS”
José Luiz Pederneiras
Curadoria: Isabel Portella
Local: Oi Futuro em Ipanema
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 54 – Ipanema – Rio de Janeiro
Galeria: 1 (Térreo)
Informações: (21) 3131- 9333
Horário: De terça a domingo, das 13h às 21h
Inauguração: 9 novembro 2013, sábado, às 19h30
Visitação: 10 novembro a 22 dezembro 2013
Produtora: Claudia Zarvos Consultoria e Design



Texto: Assessoria de Imprensa



Cursos Online na Área de Informática
Cursos Online 24 Horas




Saiba mais sobre Chandra Santos: http://bit.ly/1bifsNS 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!