Livro de Rua liberta livros no Leme neste domingo

No dia 1º de junho quem for à praia do Leme no fim da tarde e estiver passando pela Rua Anchieta entre 16h e 18h vai poder levar um livro para casa, gratuitamente e sem nenhuma burocracia. A ação é uma realização do Livro de Rua, do Instituto Ciclos do Brasil. Em todo terceiro domingo do mês, o projeto já montava sua tradicional Biblioteca na Praia, no Posto 6, ao lado da estátua de Carlos Drummond de Andrade e agora passou a atuar na outra ponta da orla.

A ideia é chamar a atenção para este projeto de cunho cultural, educacional e social que, há cinco anos, promove ações de leitura em locais onde há pouco acesso aos livros e a atividade culturais em geral, como Anchieta, na Zona Norte do Rio e comunidades com e sem UPPs. A previsão é de que sejam distribuídos, no domingo, mais de 500 livros, de gêneros literários variados, como romance das literaturas brasileira e estrangeira, crônicas, poesia, biografia, literatura infantil e juvenil. 



CAMPANHA + LIVROS – VIOLÊNCIA

Em tempos de reflexão sobre a eficácia das políticas públicas de segurança do Estado do Rio de Janeiro e questionando se, de fato, somente a ocupação policial armada traz paz e segurança para a cidade do Rio de Janeiro e seus moradores, o idealizador do Livro de Rua e professor, Pedro do Livro, lança, em todas as ações do Livro de Rua, a campanha + Livros – Violência.  

O Livro de Rua acredita que a dignidade da vida dos cidadãos está relacionada diretamente com o acesso democrático aos livros, à cultura, à educação e as oportunidades que são dadas. A Campanha + Livros – Violência surgiu após as manifestações de junho de 2013, quando Pedro foi às ruas com estes dizeres manuscritos em um cartaz e foi fotografado. Postada nas redes sociais, a imagem teve mais de 1000 compartilhamentos na Internet. Camisetas da campanha são vendidas em todas as ações do grupo, a preço de custo: R$ 25,00.
           
Serviço: Biblioteca na Praia
Local: Praia do Leme, altura da rua Anchieta.
Data: 1º de junho de 2014, domingo
Horário: das 16h às 19h.
Participação gratuita

Como participar
 O público é convidado a participar das rodas de ciranda e do sarau da poesia. É possível também se tornar um voluntário das ações do Livro de Rua. Visite o site www.livroderua.com.br.

Sobre o Livro de Rua

O conceito de “Libertar Livros” propõe que o leitor escolha um livro gratuitamente, leve para casa e, ao acabar a leitura, doe o livro a outro leitor que também fará o mesmo,  e assim o livro cumprirá sua principal função: ser lido. Em cinco anos, o Livro de Rua já distribuiu mais de 80 mil livros em diversos pontos das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. A meta do idealizador do projeto, Pedro Gerolimich, é atingir a meta de 100 mil livros libertos no final de 2014.

Acompanhe a agenda pelo Facebook do Livro de Rua e pela página do Pedro do Livro.

Texto: Leila Ghiorzi



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

assine nossa newsletter!