O Sete Artes agora é site!

O Sete Artes agora é site!
Clique na imagem para acessar notícias sobre artes visuais

Artesãos fluminenses participam de exposição sobre artesanato

Os turistas que visitarem o Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo poderão conhecer e adquirir o trabalho de artesãos que retratam alguns dos mais famosos cartões postais da cidade maravilhosa. De 2 de junho a 11 de julho, a exposição “Energia do Artesanato na Copa” ficará na Casa do Artesanato, em Botafogo, reunindo técnicas tradicionais do Estado, desenvolvido por artesãos de todas as regiões fluminenses. As peças em exposição estarão disponíveis para comercialização. A mostra é promovida pelo Programa de Artesanato, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Durante o evento, além da comercialização das peças expostas, serão ministrados cursos e palestras sobre as diversas técnicas utilizadas pelos artesãos do Estado, em diversos materiais, remetendo à história e as tradições de cada região e localidade. A diversificação das peças, que vão dos bordados a esculturas em argila e vidro, demonstram a riqueza do artesanato fluminense, e complementa a renda de milhares de artesãos.

“Os visitantes poderão conhecer e adquirir produtos de artesanato de nosso estado, de diversas técnicas e regiões. Os artesãos, além da oportunidade de vender seus produtos diretamente ao consumidor, contarão com oficinas para ao aprimoramento de seus procedimentos. Hoje temos mais de seis mil artesãos cadastrados, a maioria deles responsáveis diretamente pela renda familiar”, explica a subsecretária de Comércio e Serviços, Dulce Ângela Procópio.

Para Ana Ortiz, que trabalha com artesanato em jornal, a atividade complementa a renda da aposentadoria. Hoje, o sucesso dos produtos é tanto que a artesão conta com a produção de ex-alunos para conseguir cumprir todos os prazos de entrega. “Vejo o artesanato como um incentivo para que as pessoas possam complementar a renda e sustentar suas famílias. Nesse sentido, comercializo, juntamente com minhas peças, peças produzidas por ex-alunos”, explica a artesã que já exportou para a França.         

A bordadeira Marcia Rigoni já exporta para países como Itália, Portugal e Argentina. A paisagem da cidade maravilhosa e a fauna e flora brasileira são inspiração para a artesã, que começou a atividade após um momento de dificuldade financeira. “Depois de descobrir a potencialidade do artesanato comecei a trabalhar junto a comunidades carentes no sentido de profissionalização. Hoje trabalho com um grupo que tem a atividade como complementação de renda, ganhando cerca de R$ 500 reais por mês com as aplicações”, explicou.
               
Serviço
“Energia do Artesanato na Copa”
Casa do Artesanato – Rua Real Grandeza, 293 – Botafogo
De 02 de junho a 11 de julho, das 9h às 18h.


Texto: Matheus Zanon

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo

Mais populares

Popular na semana