Inaue Andréa Facchini, "Alguma coisa atravessa pelos poros"



Andréa Facchini inaugurou a Individual "Alguma coisa atravessa pelos poros", com curadoria de Marisa Flórido, no dia 12 de março, na Galeria da UFF. A exposição, de trabalhos inéditos, apresenta telas figurativas em acrílica de grandes a pequenas dimensões, desenhos e uma escultura.

Segundo a curadora, "A célebre frase de Paul Valéry “O mais profundo é a pele”, não descreveria melhor as telas de Andréa Facchini: não há como se inscrever na epiderme do mundo sem esse roçar de peles, sem enfrentar seu atrito, suas falhas e dobras, suas contenções e extravasamentos. À artista, talvez interesse o movimento misterioso do aparecer e desaparecer de algo para o olhar. É essa desmedida do visível, esse ponto cego, que dobra e se desdobra em cenas cotidianas e pequenos delírios, entre a minúcia da descrição e o frenesi das fabulações, entre um mundo que se apresenta por enquanto e os outros infinitos, imaginários e potenciais, que o atravessam. É dessa tensão que emerge a pintura tátil de Andréa Facchini, como um fluxo incontido que precisa explodir, à vertigem, cores, peles e poros".




Sobre a artista:

Andréa Facchini (Cataguases, MG) vive e trabalha em Niterói, RJ. Artista visual graduada em Comunicação Visual (Belas Artes, UFRJ), com Licenciatura em Artes Plásticas (UNIVERSO) e cursos na EAV, Parque Lage. Exposições Individuais: CC Justiça Federal e CC Correios (Rio de Janeiro); CC Paschoal Carlos Magno e Circuito de Arte Singular (Niterói); Galeria Thomas Cohn (São Paulo); Instituto Francisca Peixoto e Museu da Cia Força e Luz (Cataguases, MG); Coletivas em galerias: Mercedes Viegas, Luciana Caravello, Amarelonegro e Sergio Gonçalves (Rio). Oscar Cruz e Galeria Thomas Cohn (São Paulo). Em instituições: SESC, CC Correios, IBEU, Parque Lage, BNDES, IAB, e CEDIM (Rio). Museu do Ingá, Museu Antonio Parreiras, SESC, UFF e Museu de Arte Contemporânea-MAC (Niterói). MARP-Ribeirão Preto, Memorial da América Latina e Ateliê 397 (São Paulo). Fundação Cultural de Itajaí (SC) e Museu do Estado do Pará (Belém). Feiras: SPArte, ArteBA, ArteRio, Parte e Artigo. Prêmio Aquisição, "Salão Arte Pará" e Prêmio de Pintura (participação no "Salon D'Automne Paris", França) no "Iº Salão de Outono da América Latina" (São Paulo). Acervos: CC Correios (RJ) e Museu do Estado do Pará. Representada pela Sergio Gonçalves Galeria.




  • Aproveite a oferta exclusiva do Hotel Urbano para o Rock In Rio 2015!



  • Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Pesquisar este blog

    assine nossa newsletter!