Pular para o conteúdo principal

Cinema Online: novo espaço para formação na área do audiovisual

Um ambiente virtual voltado exclusivamente para estudantes e profissionais que desejam aprimorar ou conhecer técnicas utilizadas em produções audiovisuais. É isso o que propõe o projeto Cinema Online, que busca oferecer formação na área cinematográfica através de cursos interativos a distância. As inscrições começaram no dia 15 de maio, através do site www.cinemapernambucano.com.br/online/home.php, e terminam no dia 10 de junho. 
Isabela Cribari e Germana Pereira. Crédito - Clarissa Dutra

Idealizado e coordenado por Isabela Cribari e Germana Pereira, o Cinema Online traz seis cursos nas áreas de direção, produção e fotografia, todos ministrados e supervisionados por profissionais de destaque no mercado nacional e no meio acadêmico. A experiência prática dos professores possibilita uma dinâmica de aprendizagem diferente das recebidas nos cursos convencionais, pois, traz a tona conhecimentos, instruções e situações do dia a dia do cinema. “Nós elegemos como público prioritário os estudantes, que sempre recebem muita teoria, mas possuem pouco contato com quem fazcinema e é reconhecido por isso. Mas profissionais que queiram se reciclar também são bem-vindos”, diz Isabela. 

O projeto, incentivado pelo Fundo de Incentivo à Cultura de Pernambuco - Funcultura, atende públicos de todo o Brasil, mas a maior parte das vagas, 80%, é gratuita e reservada para pernambucanos e a pessoas que residem há mais de um ano no estado. Os outros 20% são oferecidos ao Brasil e terão preços subsidiados. “A ideia é que esse canal de formação conecte pessoas de todo o país”, avisa Germana Pereira, coordenadora do Cinema Online. E para que essa interação aconteça de forma eficiente, o ambiente foi desenvolvido contando com vários recursos tecnológicos para evitar a frieza característica das salas de aula virtuais. “Os alunos vão ter acesso a um ambiente exclusivo no qual poderão estudar o material didático, enviar exercícios e interagir com professores, tutores e com outros alunos, através de chats, fóruns de debates e discussões em tempo real”, completa Germana. 


Os interessados devem se inscrever exclusivamente através da internet. Cada curso possui 70 vagas disponíveis e duração média de cinco semanas. As aulas serão iniciadas entre julho e agosto. A grade de cursos foi montada para atender áreas pouco exploradas que envolvem as produções cinematográficas. “Muitas pessoas desconhecem, por exemplo, as regras dos direitos autorais, não sabem exatamente como prestar contas do trabalho realizado... Enfim, queremos suprir essa carência”, concluem as coordenadoras. 

Apesar do projeto estar no primeiro módulo, já há planos para o futuro. “Queremos que o Cinema Online se torne permanente e auto-sustentável. Além disso, cursos que abrangem outras especialidades dentro do audiovisual devem ser criados em breve”, explica Germana. O Cinema Online é uma realização do Tangram Cultural e Set Produções Audiovisuais. 

Para mais informações sobre inscrições, professores, tutores e cursos, acesse: http://www.cinemapernambucano.com.br/online/home.php


Cursos

Direção

Estudos de Direção e Linguagem Cinematográfica, por Paulo Cunha e Paulo Caldas

Pretende abordar questões ligadas ao processo criativo da realização cinematográfica, a partir de uma metodologia mista, envolvendo master classes com o diretor Paulo Caldas, voltadas para o comentário interpretativo de diversos momentos de sua carreira como autor, e aulas teóricas, com o professor Paulo Cunha, incorporando aspectos conceituais ao debate sobre a criação de filmes. 

Fotografia

Introdução à Cinematografia Eletrônica Digital, ministrado por Nicolas Hallet

Tem por objetivo apresentar, ampliar e aprofundar conhecimentos técnicos e artísticos relacionados à captação de imagens em movimento, de vários suportes, como câmeras fotográficas, celulares e câmeras de vídeos convencionais.


Produção Cinematográfica

Cinema: Da ideia à prestação de contas, por Isabela Cribari

Visa instrumentalizar o produtor audiovisual das necessidades, cuidados e procedimentos em todas as fases de um filme, sejam questões voltadas à direção de produção, ao platô ou à produção executiva, com ênfase na administração do filme.

Produção Executiva para Cinema, por João Vieira Jr. e Nara Aragão

Ensina o passo a passo da atuação do produtor executivo, desde a concepção da ideia e elaboração do projeto até a exibição da obra, com foco no planejamento, na estruturação e na distribuição de obras audiovisuais.

Direitos autorais para o audiovisual, em detalhes, por Helder Galvão

Visa capacitar produtores audiovisuais que lidam com propriedade intelectual, em especial direitos autorais. 


Legislação audiovisual no Brasil, por Fábio Cesnik, Roberto Jucá, Rodrigo Salinas e Maurício Fittipaldi

Oferece um panorama abrangente das normas aplicáveis à utilização de leis e incentivos, capacitando os alunos para o desenvolvimento e gestão de projetos de produção, distribuição ou exibição de obras audiovisuais. 

Cursos sobre leis e normas que regem produções audiovisuais são destaques no Cinema Online

O Cinema Online traz na sua programação dois cursos virtuais voltados ao tema. E mais, ministrados por profissionais de referência no mercado quando o assunto é propriedade intelectual e legislação.

O advogado Fábio de Sá Cesnik, especialista em consultoria a negócios e ações voltadas às áreas do entretenimento, da cultura, do esporte e do terceiro setor, será o responsável pelo curso de Legislação Audiovisual no Brasil, que fornece um panorama abrangente das normas aplicáveis à utilização de leis e incentivos, capacitando os alunos para o desenvolvimento e gestão de projetos de produção, distribuição ou exibição de obras audiovisuais.

Cesnik atua há anos junto a importantes clientes de diversos segmentos, especialmente da área musical, audiovisual e das artes cênicas e plásticas, tendo assessorado artistas como Gilberto Gil e Caetano Veloso. Além de Cesnik, também participam do curso os advogados Rodrigo Salinas, Roberto Jucá e José Fittipaldi, todos integrantes do escritório Cesnik, Quintino & Salinas Advogados

Já o advogado Helder Galvão, que possui expertise em diretos imateriais, será o responsável pelo curso de Direitos Autorais, que visa capacitar produtores audiovisuais e estudantes que lidam com propriedade intelectual. Durante as aulas, os alunos aprenderão todos os aspectos jurídicos envolvidos no tema. Além de advogado, Galvão é professor nos cursos "Midias, Entretenimento e Direito" e "Propriedade Intelectual", oferecidos pela Puc-Rio, e co-autor do livro "Midias e Direito".

As inscrições para os cursos estão disponíveis para alunos de todo o Brasil até o dia 10 de junho, no site www.cinemapernambucano.com.br/online/home.php.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa - Divulgação



Ads >>> Quer fazer um curso online? Acesse.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

A origem do Modernismo brasileiro, por chandra santos

"Abaporu": obra deu origem ao Movimento Antropofágico
Imagem: Tarsila do Amaral
As ideias surrealistas vieram para o Brasil na década de 1930 e foram absorvidas pelo movimento Modernista. A pintora Tarsila do Amaral e o escritor Ismael Nery foram os mais influenciados. Além deles, a escultora Maria Martins, o pintor pernambucano Cícero Dias, o poeta Murilo Mendes e os escritores Aníbal Machado e Mário Pedrosa também acrescentaram elementos surreais em suas obras.
A Semana de 22 foi o ápice do movimento Modernista no Brasil. Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos e Tarsila do Amaral são algumas das personalidades que estiveram presentes no evento ocorrido nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro no Teatro Municipal de São Paulo. Considerada um marco na arte brasileira, por propor a ruptura com o passado, a Semana de 22 revolucionou a Literatura, a música, a pin…

"A Aventura Surrealista", por chandra santos

Já está à venda o livro "A Aventura Surrealista" , do ensaísta e artista plástico Sergio Lima. A obra conta a história e a influência do surrealismo na arte moderna brasileira, entre 1901 e 1920.
Quem se interessou pelo tema, pode adquirir a publicação anterior, de 1995, que aborda as vertentes formadoras do movimento surrealista. O artista pretende lançar mais duas obras: uma sobre os anos 1921-30 e outra com antologia do surrealismo no Brasil.

Imagem: Reprodução de Internet




Feliz Dia do Amigo

O Sete Artes deseja a todos um Feliz Dia do Amigo!!!!






 (Clique para ampliar)
Saiba a origem da data aqui.

Siga @chandrasantos no Twitter e retuíte frases de amizade para os seus amigos!
Imagem: Autoria Desconhecida





Curiosidades

O que são Belas Artes?
por chandra santos
Definir arte é uma tarefa complexa, que varia de acordo com as transformações culturais e o contexto histórico. Segundo o filósofo Charles S. Peirce, fundador da Semiótica, a principal função das artes é expressar os estados de consciência humana. Partindo dessa definição, terapeutas e psicólogos passaram a usá-las como parte de tratamentos. A psiquiatra brasileira Nise da Silveira fundou o "Museu de Imagens do Inconsciente" com obras feitas por seus pacientes durante a terapia ocupacional.

São consideradas Belas Artes: Arquitetura; Pintura; Escultura; Música; Literatura; Teatro e Dança; e Cinema. A divisão e o termo foram criados pelas academias de arte europeias, no século XVII, com o objetivo de separar as artes em duas classificações. Segundo artigo publicado na Wikipédia, eram consideradas, até o século XIX, como artes "superiores" as Belas Artes e como artes "inferiores' as Artes Aplicadas.

"As belas arte…

Programação/ Artes Visuais (SP)

Exposição PARAISO na Galeria André

Entre os dias 16/08 e 11/09, a Galeria André recebe a mostra PARAISO, inciando um novo ciclo do centro cultural. Participam da mostra André Crespo, Clarice Gonçalves, Eduardo Kobra, João César de Melo, Luiza Ritter, Marco Stellato, Paulo Queiróz, Rafael Resaffi e Rodrigo Cunha. A mostra tem curadoria de Sônia Skroski.
De acordo com release recebido pelo Sete Artes: "Artistas novos foram procurados com empenho, indicações, visitas aos ateliers, análise de obras, um verdadeiro garimpo. E desta procura foram selecionados 9 artistas que farão parte da exposição PARAISO. O tema abrange além do que nossa imaginação pode chegar. Os artistas vão expor obras inéditas, criadas especialmente para a mostra. A escolha dos artistas demonstra jovialidade das obras e dos artistas. O tema foi escolhido para proporcionar aos artistas uma performance peculiar e densa dentro do universo de cada um."
Conheça: texto: Assessoria de Imprensa da Galeria André
André Cresp…