Pular para o conteúdo principal

THEO CARVALHO EM NOVO SHOW NO RIO


Aos 12 anos, o cantor e compositor carioca apresenta novo repertório na Miranda no dia 6 de outubro

Theo Carvalho apresenta na Miranda seu novo show, com composições próprias inéditas e sucessos de Legião Urbana, Titãs, Pink Floyd, Tim Maia e Geraldo Azevedo, entre outros hits. No show, para crianças, jovens e adultos que gostam de boa música, Theo se apresenta acompanhado da banda – formada por músicos adultos: Léo Moraes (guitarra), César Teixeira (baixo), Zé Lindo (Bateria), Júnior Penna (violões) e Davi Quintella (backing vocal).

No repertório, canções de sua autoria, como “Decisões”, “Quando Acordo de Manhã” (Pasta de dente de hortelã / e na escola aquele fedelho / tenho outra prova amanhã / e não sei nada de Henrique Terceiro)Os destaques são as versões que Theo fez para “Let it Be”, dos Beatles, (“Peraí”), (Filho chega desse videogame / Filho pausa o jogo e vem jantar / Mãe online não se pausa / Peraí / Peraí /Peraí / Peraí / Peraí / Mãe só falta uma fase / Peraí) e de “Beat it”, do Michael Jackson, (“Billy”) composta por Afonso Carvalho, pai do Theo (Na minha escola ele se acha o tal / com ele tudo rola nunca se dá mal / se alguém pergunta o nome dele ele diz / sou Billy / só Billy).





A história de Theo com a música começou quando, aos 7 anos, ele surpreendeu os pais ao dizer que, em vez de festa de aniversário, ele queria fazer um show. “Um show de verdade, mãe, com palco grande, banda e tudo o mais”. Os pais, em princípio céticos, embarcaram quando viram Theo compor a primeira música, junto com o irmão mais velho, na época com 10 anos. O nome da música (que continua no repertório) é “Decisões”, e fala sobre os “dilemas” que então ocupavam a cabecinha deles (Decidir é uma coisa da vida / não tem escape, não tem saída / Diante dos meus olhos, as escolhas passeiam / certo ou errado, sou eu quem decido / então eu penso se eu vou fazer dever / então eu penso se eu vou ver TV...  / Eu não sei o que escolher, o que que vou ser quando crescer?). Então, montaram a banda “TL3”, composta pelo Theo (vocal), Luke (irmão do Theo, bateria), Lucas (12 anos, baixo) e Leo (guitarrista, então com 21 anos, até hoje na banda do Theo).

A estréia aconteceu no Circo Voador, em julho de 2009, comemorando o aniversário de 8 anos do Theo. A experiência foi tão bacana que eles continuaram os ensaios e engataram uma série de apresentações: até outubro de 2010 tocaram no Cinemathéque, Far Up, Posto 8, além de festas de aniversário, de formatura, de condomínio, etc. Os meninos foram crescendo e os compromissos com escola aumentando, de modo que a banda TL3 acabou se dispersando. Mas Theo continuou ligado em música, fazendo aulas de canto, arranhando o violão e compondo, sempre compondo. Nesse período, se apresentava em festas de família e reuniões de amigos. No início de 2013, Theo começou a preparar sua volta aos palcos, dessa vez acompanhado por uma banda de “adultos”. No dia 14/07/2013 (exatamente 4 anos após sua estréia), Theo subiu novamente ao palco do Circo Voador para apresentar seu show, mais uma vez comemorando seu aniversário de 12 anos.


REPERTÓRIO
Dia Branco (Geraldo Azevedo)
Descobridor dos 7 mares
Manoel (Ed Motta)
Eles estão surdos (Roberto Carlos)
Óculos (Paralamas do Sucesso)
Tenha Vontade (música própria)
Segundo Sol (Cássia Eller)
Pink Floyd / Atirei o pau no gato
Pais e Filhos (Legião Urbana)
Tempo Perdido (Legião Urbana)
Marvin (Titãs)
Peraí (versão de Theo para Let it Be dos Beatles)
Decisões (música própria)
Quando acordo de manhã (música própria)
Será Deus (Arnaldo Lazulli - avô do Theo)
Billy (versão de Afonso Carvalho para Beat It, de Michael Jackson)

SERVIÇO:
MIRANDA (Avenida Borges de Medeiros, 1424 - Piso 2. Lagoa – RJ - Fone: 2239-0305
Data 6 de outubro
Abertura da casa: 17:00
Show: 18:30
Classificação etária: Livre
Venda na bilheteria e ingresso.com
Ingressos: Todos os setores R$ 40,00 -  antecipado
20,00 (cliente fidelidade e meia entrada)
No dia do show: 50,00 inteira //  R$ 25,00 (cliente fidelidade e meia entrada no dia do show)

Texto: Assessoria de imprensa




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

A origem do Modernismo brasileiro, por chandra santos

"Abaporu": obra deu origem ao Movimento Antropofágico
Imagem: Tarsila do Amaral
As ideias surrealistas vieram para o Brasil na década de 1930 e foram absorvidas pelo movimento Modernista. A pintora Tarsila do Amaral e o escritor Ismael Nery foram os mais influenciados. Além deles, a escultora Maria Martins, o pintor pernambucano Cícero Dias, o poeta Murilo Mendes e os escritores Aníbal Machado e Mário Pedrosa também acrescentaram elementos surreais em suas obras.
A Semana de 22 foi o ápice do movimento Modernista no Brasil. Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos e Tarsila do Amaral são algumas das personalidades que estiveram presentes no evento ocorrido nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro no Teatro Municipal de São Paulo. Considerada um marco na arte brasileira, por propor a ruptura com o passado, a Semana de 22 revolucionou a Literatura, a música, a pin…

"A Aventura Surrealista", por chandra santos

Já está à venda o livro "A Aventura Surrealista" , do ensaísta e artista plástico Sergio Lima. A obra conta a história e a influência do surrealismo na arte moderna brasileira, entre 1901 e 1920.
Quem se interessou pelo tema, pode adquirir a publicação anterior, de 1995, que aborda as vertentes formadoras do movimento surrealista. O artista pretende lançar mais duas obras: uma sobre os anos 1921-30 e outra com antologia do surrealismo no Brasil.

Imagem: Reprodução de Internet




Feliz Dia do Amigo

O Sete Artes deseja a todos um Feliz Dia do Amigo!!!!






 (Clique para ampliar)
Saiba a origem da data aqui.

Siga @chandrasantos no Twitter e retuíte frases de amizade para os seus amigos!
Imagem: Autoria Desconhecida





Curiosidades

O que são Belas Artes?
por chandra santos
Definir arte é uma tarefa complexa, que varia de acordo com as transformações culturais e o contexto histórico. Segundo o filósofo Charles S. Peirce, fundador da Semiótica, a principal função das artes é expressar os estados de consciência humana. Partindo dessa definição, terapeutas e psicólogos passaram a usá-las como parte de tratamentos. A psiquiatra brasileira Nise da Silveira fundou o "Museu de Imagens do Inconsciente" com obras feitas por seus pacientes durante a terapia ocupacional.

São consideradas Belas Artes: Arquitetura; Pintura; Escultura; Música; Literatura; Teatro e Dança; e Cinema. A divisão e o termo foram criados pelas academias de arte europeias, no século XVII, com o objetivo de separar as artes em duas classificações. Segundo artigo publicado na Wikipédia, eram consideradas, até o século XIX, como artes "superiores" as Belas Artes e como artes "inferiores' as Artes Aplicadas.

"As belas arte…

Programação/ Artes Visuais (SP)

Exposição PARAISO na Galeria André

Entre os dias 16/08 e 11/09, a Galeria André recebe a mostra PARAISO, inciando um novo ciclo do centro cultural. Participam da mostra André Crespo, Clarice Gonçalves, Eduardo Kobra, João César de Melo, Luiza Ritter, Marco Stellato, Paulo Queiróz, Rafael Resaffi e Rodrigo Cunha. A mostra tem curadoria de Sônia Skroski.
De acordo com release recebido pelo Sete Artes: "Artistas novos foram procurados com empenho, indicações, visitas aos ateliers, análise de obras, um verdadeiro garimpo. E desta procura foram selecionados 9 artistas que farão parte da exposição PARAISO. O tema abrange além do que nossa imaginação pode chegar. Os artistas vão expor obras inéditas, criadas especialmente para a mostra. A escolha dos artistas demonstra jovialidade das obras e dos artistas. O tema foi escolhido para proporcionar aos artistas uma performance peculiar e densa dentro do universo de cada um."
Conheça: texto: Assessoria de Imprensa da Galeria André
André Cresp…