Pular para o conteúdo principal

Programação Santo Scenarium - 11 a 15 de março

Confira a programação.

Dia 11, terça- feira
Tambores, improvisos e parceriasScott Hill - saxofone / Xande Figueiredo - bateria
Às terças de janeiro, o baterista Lourenço Vasconcellos convida músicos diferentes a cada semana para juntos embarcarem em um processo composicional instantâneo. A ideia é propor para o público e para os músicos uma nova forma de se fazer e apreciar a música, espontaneamente no palco.  As formações variam das clássicas às mais inusitadas.
Santo Scenarium: Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo - 3147-9007. Terça, às 19h. Cap. 100 pessoas, 16 anos. R$ 5.


Dia 12, quarta- feira
Tributo a Ella Fitzgerald & Joe Pass com Alma Thomas e Thiago Trajano
Toda primeira quarta-feira do mês, Alma Thomas e Thiago Trajano fazem um tributo a Ella Fitzgerald & Joe Pass, que gravaram cinco discos juntos e emocionaram muitas plateias. Nesta apresentação, a cantora americana Alma Thomas e o guitarrista Thiago Trajano mergulham nas obras consagradas do repertório da dupla, apresentando músicas como ‘Nature Boy’, ‘Summertime’ e ‘Love for Sale’. 
Santo Scenarium: Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo - 3147-9007. Quarta, às 21h. Cap. 100 pessoas, 16 anos. R$ 5.


Dia 13, quinta- feira
19h30 - Sinna Heliodoro Quarteto
Frederico Heliodoro, baixista de Belo Horizonte, e Danilo Sinna, saxofonista do Rio de Janeiro, se reúnem para uma noite inspirada de Jazz no palco do Santo Scenarium. A dupla mostra composições próprias como "De lá pra cá" e "Hoenig".
Santo Scenarium: Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo - 3147-9007. Quinta, às 19h. Cap. 100 pessoas, 16 anos. R$ 8.


Dia 14 sexta - feira
Festa Soul Santo, com Bambina Philosophie e DJ Marcello MBgroove
Alma Thomas - voz/ Lancaster Pinto - baixo / Caio Barreto - guitarra / Miguel Couto -bateria
Intercalando os sets com o DJ MBgroove, o grupo Bambina Philosophie toca canções que mesclam R&B, funk, soul e jazz. Com uma proposta sexy e dançante, o grupo apresenta o glamour e a sedução dos clássicos do neo soul como D'Angelo, Erykah Badu e Prince.
Santo Scenarium: Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo - 3147-9007. Sexta, às 19h
Cap. 100 pessoas, 16 anos. R$ 10.


Dia 15 sábado
Francisco Falcon “Choro Nota Jazz”
Francisco Falcon - baixo e violão tenor / Juliano Cândido – baixo /Marcus Vinicius - violão e guitarra/ Francesco Nizzardeli – bateria
O quarteto transita entre o choro e o jazz, apresentando o menor dos dois gêneros. No repertório, clássicos e temas pouco conhecidos do grande público. Inovando nos arranjos, eles utilizam o violão tenor para resgatar a sonoridade utilizada nos primórdios do choro, mas esquecida nas últimas décadas. Outra novidade na formação é a atuação de dois contrabaixos.
Santo Scenarium: Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo - 3147-9007. Sábado, às 22h. Cap. 100 pessoas, 16 anos. R$ 10.

Serviço
Santo Scenarium
Rua do Lavradio - 36, Centro Antigo
Telefone: (21)3147-9007
Horário: Terça a quinta às 19h,
Sexta: 19h
Sábado: 22h
Ingresso: terça e quarta: R$ 5; quinta: R$ 8; sex e sáb R$ 10
Capacidade: 100 pessoas
Class. Etária: 16 anos



Texto: Assessoria de Imprensa


Saiba mais sobre Chandra Santos: http://bit.ly/1bifsNS 

Visite minha lojinha!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

A origem do Modernismo brasileiro, por chandra santos

"Abaporu": obra deu origem ao Movimento Antropofágico
Imagem: Tarsila do Amaral
As ideias surrealistas vieram para o Brasil na década de 1930 e foram absorvidas pelo movimento Modernista. A pintora Tarsila do Amaral e o escritor Ismael Nery foram os mais influenciados. Além deles, a escultora Maria Martins, o pintor pernambucano Cícero Dias, o poeta Murilo Mendes e os escritores Aníbal Machado e Mário Pedrosa também acrescentaram elementos surreais em suas obras.
A Semana de 22 foi o ápice do movimento Modernista no Brasil. Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos e Tarsila do Amaral são algumas das personalidades que estiveram presentes no evento ocorrido nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro no Teatro Municipal de São Paulo. Considerada um marco na arte brasileira, por propor a ruptura com o passado, a Semana de 22 revolucionou a Literatura, a música, a pin…

"A Aventura Surrealista", por chandra santos

Já está à venda o livro "A Aventura Surrealista" , do ensaísta e artista plástico Sergio Lima. A obra conta a história e a influência do surrealismo na arte moderna brasileira, entre 1901 e 1920.
Quem se interessou pelo tema, pode adquirir a publicação anterior, de 1995, que aborda as vertentes formadoras do movimento surrealista. O artista pretende lançar mais duas obras: uma sobre os anos 1921-30 e outra com antologia do surrealismo no Brasil.

Imagem: Reprodução de Internet




Feliz Dia do Amigo

O Sete Artes deseja a todos um Feliz Dia do Amigo!!!!






 (Clique para ampliar)
Saiba a origem da data aqui.

Siga @chandrasantos no Twitter e retuíte frases de amizade para os seus amigos!
Imagem: Autoria Desconhecida





Curiosidades

O que são Belas Artes?
por chandra santos
Definir arte é uma tarefa complexa, que varia de acordo com as transformações culturais e o contexto histórico. Segundo o filósofo Charles S. Peirce, fundador da Semiótica, a principal função das artes é expressar os estados de consciência humana. Partindo dessa definição, terapeutas e psicólogos passaram a usá-las como parte de tratamentos. A psiquiatra brasileira Nise da Silveira fundou o "Museu de Imagens do Inconsciente" com obras feitas por seus pacientes durante a terapia ocupacional.

São consideradas Belas Artes: Arquitetura; Pintura; Escultura; Música; Literatura; Teatro e Dança; e Cinema. A divisão e o termo foram criados pelas academias de arte europeias, no século XVII, com o objetivo de separar as artes em duas classificações. Segundo artigo publicado na Wikipédia, eram consideradas, até o século XIX, como artes "superiores" as Belas Artes e como artes "inferiores' as Artes Aplicadas.

"As belas arte…

Programação/ Artes Visuais (SP)

Exposição PARAISO na Galeria André

Entre os dias 16/08 e 11/09, a Galeria André recebe a mostra PARAISO, inciando um novo ciclo do centro cultural. Participam da mostra André Crespo, Clarice Gonçalves, Eduardo Kobra, João César de Melo, Luiza Ritter, Marco Stellato, Paulo Queiróz, Rafael Resaffi e Rodrigo Cunha. A mostra tem curadoria de Sônia Skroski.
De acordo com release recebido pelo Sete Artes: "Artistas novos foram procurados com empenho, indicações, visitas aos ateliers, análise de obras, um verdadeiro garimpo. E desta procura foram selecionados 9 artistas que farão parte da exposição PARAISO. O tema abrange além do que nossa imaginação pode chegar. Os artistas vão expor obras inéditas, criadas especialmente para a mostra. A escolha dos artistas demonstra jovialidade das obras e dos artistas. O tema foi escolhido para proporcionar aos artistas uma performance peculiar e densa dentro do universo de cada um."
Conheça: texto: Assessoria de Imprensa da Galeria André
André Cresp…