Pular para o conteúdo principal

Lançamento 2015: CD JORGE & MATEUS "OS ANJOS CANTAM"

No ano em que completam uma década de parceria, Jorge & Mateus apresentam o álbum que promete ser o mais conceitual e um dos mais especiais da trajetória da dupla até então. Com um repertório formado exclusivamente por canções românticas que ressaltam a essência e a identidade musical dos artistas, “Os Anjos Cantam” apresenta 17 faixas, sendo quatro delas já lançadas nas rádios e conhecidas pelo público: “Logo Eu”, “Calma”, “Nocaute” e “31/12”. O álbum, que sai pela Som Livre, começou a chegar às lojas no mês de março.


Após três anos desde o último trabalho de inéditas, o oitavo disco da carreira de Jorge & Mateus promete emocionar, seja por cada canção, individualmente, ou pelo resultado do conjunto que enaltece, sobretudo, o amor. Nas letras, a dupla aparece na autoria de “31/12” e Jorge como compositor em “Idas e Voltas”, “Coisas de Quem Ama” e “Vai Entender”. Outros destaques são para as guitarras de Mateus, que aparecem em boa parte das faixas com maior presença, como em “Os Anjos Cantam”, “Maneira Errada” e “Como Não Se Apaixonar”. “Selecionamos o repertório com calma, escolhendo músicas que passam a nossa verdade. Por ser um CD de estúdio, tivemos um tempo maior para concebê-lo, o que permitiu pensarmos em cada faixa com mais cuidado e carinho. Este projeto marca uma etapa importante da nossa carreira, pois, sem dúvida, é um dos melhores que já fizemos”, contam os goianos.

Pela primeira vez, os artistas não ilustram a capa de um disco próprio, que agora conta com a imagem de um anjo, traduzindo o estilo mais atual que eles incorporam neste trabalho. O álbum traz levadas do pop e do reggae, porém mantendo as músicas sertanejas muito românticas (com piano e voz), que remetem às performances do norte-americano John Mayer. Inclusive, vale ressaltar que “31/12” traz a participação do baterista do cantor, Aaron Sterling.

“Os Anjos Cantam” traz a produção de Dudu Borges, que assina com Mateus a realização dos arranjos. Apesar da agenda corrida, que em 2014 contemplou mais de 200 shows por todo o Brasil, os músicos participaram de forma efetiva em todas as fases de desenvolvimento do álbum, abrindo horizontes com apostas em novos elementos. “Compartilhamos ideias e este comprometimento, não só o nosso, como também o da equipe, foi primordial para alcançarmos o que realmente queríamos. A intenção era fazer algo diferente e universal, dando continuidade à nossa linha. Cantamos sentimentos e esse disco chega em um momento muito especial para nós, com todos envolvidos e com mais maturidade”, declaram.

De forma única e intensos em suas interpretações que encantam multidões, Jorge & Mateus, que são empresariados pela ÁudioMix, reforçam em “Os Anjos Cantam” o desejo de viver e procurar trazer novidades para o público através de suas canções.

CD “Os Anjos Cantam” – Jorge & Mateus
Faixas: 17
Preço sugerido: R$ 19,90

1) Introdução
2) 31/12 (Jorge & Mateus / Neto Schaefer / Dudu Borges)
3) OS ANJOS CANTAM (Magno Santana / Thierry Coringa)
4) NOCAUTE (André Vox / Samuel Deolli)
5) A HORA, O DIA E O LUGAR (Nivardo Paz / Maraísa)
6) SE DISSER BYE, BYE (Cleber Show / Jonas Alves / Rogério Lopes)
7) COMO NÃO SE APAIXONAR (Diego de Souza / Juliano Freitas / Lucas Freitas)
8) IDAS E VOLTAS (Jorge)
9) LOGO EU (Samuel Deolli / Filipe)
10) COISAS DE QUEM AMA (Jorge / Dudu Borges / Matheus Aleixo)
11) NÃO TEM COMPARAÇÃO (Juliano Freitas / Diego Souza)
12) CALMA (Marília Mendonça/Daniel Rodrigues/Ednan Willian/ Elcio Di Carvalho)
13) O QUE EU TAVA FALANDO (Marília Mendonça / Juliano Tchula / Maraísa / Daniel Rangel)
14) FICA SÓ UM POUCO MAIS (César Lemos / Karla Aponte)
15) MANEIRA ERRADA (Marília Mendonça / Juliani Tchula / Michel Alves / Maiara Carla)
16) VAI ENTENDER (Jorge / Dudu Borges)
17) É AMOR (Cleber Show / Jonas Alves / Rogério Lopes)


Fonte:
Great Assessoria




  • Aproveite a oferta exclusiva do Hotel Urbano para o Rock In Rio 2015!



  • EncurtaNET
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Postagens mais visitadas deste blog

    A origem do Modernismo brasileiro, por chandra santos

    "Abaporu": obra deu origem ao Movimento Antropofágico
    Imagem: Tarsila do Amaral
    As ideias surrealistas vieram para o Brasil na década de 1930 e foram absorvidas pelo movimento Modernista. A pintora Tarsila do Amaral e o escritor Ismael Nery foram os mais influenciados. Além deles, a escultora Maria Martins, o pintor pernambucano Cícero Dias, o poeta Murilo Mendes e os escritores Aníbal Machado e Mário Pedrosa também acrescentaram elementos surreais em suas obras.
    A Semana de 22 foi o ápice do movimento Modernista no Brasil. Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Plínio Salgado, Anita Malfatti, Menotti Del Pichia, Guilherme de Almeida, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos e Tarsila do Amaral são algumas das personalidades que estiveram presentes no evento ocorrido nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro no Teatro Municipal de São Paulo. Considerada um marco na arte brasileira, por propor a ruptura com o passado, a Semana de 22 revolucionou a Literatura, a música, a pin…

    "A Aventura Surrealista", por chandra santos

    Já está à venda o livro "A Aventura Surrealista" , do ensaísta e artista plástico Sergio Lima. A obra conta a história e a influência do surrealismo na arte moderna brasileira, entre 1901 e 1920.
    Quem se interessou pelo tema, pode adquirir a publicação anterior, de 1995, que aborda as vertentes formadoras do movimento surrealista. O artista pretende lançar mais duas obras: uma sobre os anos 1921-30 e outra com antologia do surrealismo no Brasil.

    Imagem: Reprodução de Internet




    Feliz Dia do Amigo

    O Sete Artes deseja a todos um Feliz Dia do Amigo!!!!






     (Clique para ampliar)
    Saiba a origem da data aqui.

    Siga @chandrasantos no Twitter e retuíte frases de amizade para os seus amigos!
    Imagem: Autoria Desconhecida





    Curiosidades

    O que são Belas Artes?
    por chandra santos
    Definir arte é uma tarefa complexa, que varia de acordo com as transformações culturais e o contexto histórico. Segundo o filósofo Charles S. Peirce, fundador da Semiótica, a principal função das artes é expressar os estados de consciência humana. Partindo dessa definição, terapeutas e psicólogos passaram a usá-las como parte de tratamentos. A psiquiatra brasileira Nise da Silveira fundou o "Museu de Imagens do Inconsciente" com obras feitas por seus pacientes durante a terapia ocupacional.

    São consideradas Belas Artes: Arquitetura; Pintura; Escultura; Música; Literatura; Teatro e Dança; e Cinema. A divisão e o termo foram criados pelas academias de arte europeias, no século XVII, com o objetivo de separar as artes em duas classificações. Segundo artigo publicado na Wikipédia, eram consideradas, até o século XIX, como artes "superiores" as Belas Artes e como artes "inferiores' as Artes Aplicadas.

    "As belas arte…

    Programação/ Artes Visuais (SP)

    Exposição PARAISO na Galeria André

    Entre os dias 16/08 e 11/09, a Galeria André recebe a mostra PARAISO, inciando um novo ciclo do centro cultural. Participam da mostra André Crespo, Clarice Gonçalves, Eduardo Kobra, João César de Melo, Luiza Ritter, Marco Stellato, Paulo Queiróz, Rafael Resaffi e Rodrigo Cunha. A mostra tem curadoria de Sônia Skroski.
    De acordo com release recebido pelo Sete Artes: "Artistas novos foram procurados com empenho, indicações, visitas aos ateliers, análise de obras, um verdadeiro garimpo. E desta procura foram selecionados 9 artistas que farão parte da exposição PARAISO. O tema abrange além do que nossa imaginação pode chegar. Os artistas vão expor obras inéditas, criadas especialmente para a mostra. A escolha dos artistas demonstra jovialidade das obras e dos artistas. O tema foi escolhido para proporcionar aos artistas uma performance peculiar e densa dentro do universo de cada um."
    Conheça: texto: Assessoria de Imprensa da Galeria André
    André Cresp…
    EncurtaNET