Inauguração da GIM - Galeria Intercultural Magliani

A Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA, Campus Jaguarão, RS, pode ser considerada como um território acadêmico de mobilidade e de transitoriedade de indivíduos advindos de diversos lugares do Brasil. Nesse sentido, percebeu-se a necessidade de implementar uma Galeria Intercultural, que venha a facilitar o diálogo com os estudantes através das artes visuais, de maneira a proporcionar uma maior integração cultural entre a comunidade acadêmica e a comunidade externa. Maria Lídia dos Santos Magliani (Pelotas/RS/1946-Rio de Janeiro/RJ/2012) foi escolhida para ser a homenageada, por sua irreverência e luta, com o nome da Galeria Intercultural Magliani – GIM, que agora inaugura na UNIPAMPA. A homenagem tem o intuito de dar visibilidade à obra da artista e manter viva a sua história, estimulando que mais mulheres produzam e façam arte. Magliani nasceu em Pelotas e ainda criança se mudou para Porto Alegre com a família, pintora, desenhista, gravadora, ilustradora, figurinista, cenógrafa, na década de 1960 cursou artes plásticas e pós-graduação em pintura no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, sendo a primeira artista negra a ser formada pela Instituição. Sua arte está voltada às temáticas do apoderamento do corpo e da mulher. A exposição Magliani – cartas e impressões reúne um conjunto de 14 trabalhos, entre xilogravura, monotipia e gravura em metal, que se constituem como um pequeno diário visual, a série “Cartas” é o retorno da artista às cores intensas na sua pintura com certo lirismo que remete aos seus primeiros trabalhos.
Essa exposição se tornou possível graças a uma parceria que a equipe gestora do projeto estabeleceu com o Estudio Dezenove no Rio de Janeiro, seu antigo atelier e que atualmente se constitui como um centro de pesquisa e organização da obra de Magliani. Em reconhecimento da importância do conjunto de seu trabalho a Prefeitura de Porto Alegre inaugurou a Rua Maria Lídia Magliani no dia 30 de setembro desse ano, também uma importante iniciativa do poder público visando preservar sua memória.
GIM configura-se uma proposta de implementação de uma galeria de arte no âmbito acadêmico, como um Programa de Extensão, ressaltando a importância desses espaços culturais na construção e na estruturação de novos poderes simbólicos, que dialoguem e sejam reflexo do convívio entre a comunidade acadêmica e a comunidade do entorno da UNIPAMPA, possibilitando a integração e o compartilhamento da produção cultural em diversas esferas do conhecimento e das linguagens artísticas. Nesta lógica, os objetivos da Galeria são: possibilitar, com a criação do espaço intercultural e multiuso, a produção e a propagação de outras linguagens estéticas dentro das artes e visuais; promover a experiência à comunidade acadêmica e fronteiriça, a expor seu trabalho de arte resultantes do diálogo integrador; estimular o trânsito da comunidade externa à UNIPAMPA para a visitação da GIM, bem como o olhar contemplativo e crítico do público para com as obras expostas. 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é bem-vindo! ;)

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Todos os posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TOP 10

Estudando para concurso? Compre sua apostila aqui!

assine nossa newsletter!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *