Todos os posts

Inauguração da GIM - Galeria Intercultural Magliani

A Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA, Campus Jaguarão, RS, pode ser considerada como um território acadêmico de mobilidade e de transitoriedade de indivíduos advindos de diversos lugares do Brasil. Nesse sentido, percebeu-se a necessidade de implementar uma Galeria Intercultural, que venha a facilitar o diálogo com os estudantes através das artes visuais, de maneira a proporcionar uma maior integração cultural entre a comunidade acadêmica e a comunidade externa. Maria Lídia dos Santos Magliani (Pelotas/RS/1946-Rio de Janeiro/RJ/2012) foi escolhida para ser a homenageada, por sua irreverência e luta, com o nome da Galeria Intercultural Magliani – GIM, que agora inaugura na UNIPAMPA. A homenagem tem o intuito de dar visibilidade à obra da artista e manter viva a sua história, estimulando que mais mulheres produzam e façam arte. Magliani nasceu em Pelotas e ainda criança se mudou para Porto Alegre com a família, pintora, desenhista, gravadora, ilustradora, figurinista, cenógrafa, na década de 1960 cursou artes plásticas e pós-graduação em pintura no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, sendo a primeira artista negra a ser formada pela Instituição. Sua arte está voltada às temáticas do apoderamento do corpo e da mulher. A exposição Magliani – cartas e impressões reúne um conjunto de 14 trabalhos, entre xilogravura, monotipia e gravura em metal, que se constituem como um pequeno diário visual, a série “Cartas” é o retorno da artista às cores intensas na sua pintura com certo lirismo que remete aos seus primeiros trabalhos.
Essa exposição se tornou possível graças a uma parceria que a equipe gestora do projeto estabeleceu com o Estudio Dezenove no Rio de Janeiro, seu antigo atelier e que atualmente se constitui como um centro de pesquisa e organização da obra de Magliani. Em reconhecimento da importância do conjunto de seu trabalho a Prefeitura de Porto Alegre inaugurou a Rua Maria Lídia Magliani no dia 30 de setembro desse ano, também uma importante iniciativa do poder público visando preservar sua memória.
GIM configura-se uma proposta de implementação de uma galeria de arte no âmbito acadêmico, como um Programa de Extensão, ressaltando a importância desses espaços culturais na construção e na estruturação de novos poderes simbólicos, que dialoguem e sejam reflexo do convívio entre a comunidade acadêmica e a comunidade do entorno da UNIPAMPA, possibilitando a integração e o compartilhamento da produção cultural em diversas esferas do conhecimento e das linguagens artísticas. Nesta lógica, os objetivos da Galeria são: possibilitar, com a criação do espaço intercultural e multiuso, a produção e a propagação de outras linguagens estéticas dentro das artes e visuais; promover a experiência à comunidade acadêmica e fronteiriça, a expor seu trabalho de arte resultantes do diálogo integrador; estimular o trânsito da comunidade externa à UNIPAMPA para a visitação da GIM, bem como o olhar contemplativo e crítico do público para com as obras expostas. 

Fonte: Assessoria de Imprensa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TOP 10

Estudando para concurso? Compre sua apostila aqui!